Saltar para o conteúdo
Content ID: PR_WCS01_UCM01061428

Conjunto de Vinhos Quinta do Monte d’Oiro

Aproveite as condições de Crédito BPI para adquirir um conjunto de vinhos da Quinta do Monte d’Oiro, lançados exclusivamente em parceria com o BPI.

Quinta Monte d’Oiro Reserva TintoZoom

Quinta Monte d’Oiro Reserva Tinto

Aurius TintoZoom

Aurius Tinto

Lybra BrancoZoom

Lybra Branco

Vin de Paille 2012ZoomOferta

Vin de Paille 2012

O Conjunto de Vinhos Quinta do Monte d’Oiro é apresentado num baú personalizado de madeira com o logo da Quinta e é composto por:

  • 7 Quinta Monte d’Oiro Reserva Tinto 2011 (75 cl)
  • 1 Quinta Monte d’Oiro Reserva Tinto 2012 (75 cl)
  • 5 Quinta Monte d’Oiro Reserva Tinto 2013 (75 cl)
  • 2 Aurius Tinto 2004 (75 cl) – Exclusivo BPI
  • 2 Lybra Branco 2016 (75cl)
  • Oferta: 1 Vin de Paille 2012 (75cl) – Exclusivo BPI

 

Condições de Financiamento

O produto só pode ser adquirido com o seu Cartão de Crédito BPI (Particular ou Empresa).

A TAEG/TAE é variável em função do Cartão de Crédito BPI utilizado para pagamento.

Cartão BPI - TAEG 13,9%, TAN 10,5%, anuidade € 20. Cartão BPI Gold - TAEG 16,2%, TAN 11,3%, anuidade € 50. Cartão Premier - TAEG 12,8%, TAN 9,75%, anuidade € 29,97.
Cartão BPI Prémio - TAEG 14,7%, TAN 12,2%, anuidade € 14. Cartão BPI Campeões - TAEG 14,8%,TAN 12,6%, anuidade € 12,50. Cartão FC Porto - TAEG 14,8%, TAN 12,6%, anuidade € 12,50.
Cartão ACP Master - TAEG 13,4%, TAN 9,4%, anuidade € 24. Cartão BPI Zoom - TAEG 14,7% a 16,3%, TAN 10,6% a 13,2%, anuidade € 10 para Não Clientes BPI.

TAEG calculadas para uma utilização de crédito de € 1.500 (excepto para o Cartão BPI Gold e para o Cartão Premier, em que o exemplo é de € 2.500), para as anuidades acima referidas e reembolso em 12 prestações iguais de capital, acrescidas de juros às TAN acima referidas e dos impostos legais em vigor.  A taxa de juro é calculada com base em 360 dias, sem arredondamento.

Cartão BPI Business e BPI Corporate TAE versões Classic: 18,9%, TAN 16%, anuidade € 20, TAE versões Gold: 20,5%, TAN 16%, anuidade € 37,50. TAE calculada, para um exemplo de crédito de € 1.500, TAN e anuidades referidas, prazo de 12 meses e reembolso único no final do prazo, nos termos do DL 220/94. A taxa de juro é calculada com base em 360 dias, sem arredondamento.

O valor do PVP será processado como uma transacção de compra no extracto do seu cartão de crédito e o pagamento será realizado de acordo com a modalidade de pagamento definida.

O BPI reserva-se o direito de não processar o pedido, caso o seu cartão não se encontre em situação regular.

Campanha limitada ao Stock existente.

PVP: € 395,00

Outras Características

Quinta do Monte d'Oiro Reserva 2013

  • Classificação: Vinho Regional Lisboa
  • Notas de Prova: «Temos aqui um Syrah de grande pureza de fruta, com notas de frutos do bosque mas sem arestas, com uma prova de boca de grande classe, luxuoso no polimento e a mostrar uma rara elegância.» (João Paulo Martins, V Grandes Escolhas)
  • Castas: Syrah com 4% Viognier (em co-fermentação)
  • Notas de Vinificação: Viticultura biológica com trabalho parcelar (várias parcelas distintas de Syrah) desde a vindima até ao fim do estágio em barrica. Rendimento por parcela de 19 hectolitros/hectare. Vindima manual, com escolha. Desengace sem esmagamento. Fermentação em cubas de inox com reprodução da pisa a pé. Controlo adequado de temperaturas (individualizado por cuba). Maceração prolongada por 10 dias. Estágio de 16 a 20 meses em barricas de carvalho francês, das quais 40% novas.
  • Teor de Álcool: 13,5%
  • Referências/Prémios:
    Prémios W - Melhor Tinto de 2017
    Fórum dos Enólogos – Medalha de Ouro
    Aníbal Coutinho – 96 pontos (1º lugar guia Copo & Alma)
    Revista de Vinhos – 18 valores (Altamente Recomendado)
    V Grandes Escolhas – 18 valores (prémio Grandes Escolhas)
    João Paulo Martins – 17,5 valores
    Evasões – 18 valores
    Público – 93 pontos

 

Quinta do Monte d'Oiro Reserva 2012

  • Classificação: Vinho Regional Lisboa
  • Notas de Prova: «Excelente na concentração porque está no ponto justo sem cair em excessos. Aroma denso e vivo, com fruta negra, especiarias e boas notas vegetais. Muito elegante na boca, taninos delicados, acidez refrescante. Classe evidente.» (João Paulo Martins, Revista de Vinhos)
  • Castas: Syrah com 4% Viognier (em co-fermentação)
  • Notas de Vinificação: Viticultura biológica com trabalho parcelar (várias parcelas distintas de Syrah) desde a vindima até ao fim do estágio em barrica. Rendimento por parcela de 19 hectolitros/hectare. Vindima manual, com escolha. Desengace sem esmagamento. Fermentação em cubas de inox com reprodução da pisa a pé. Controlo adequado de temperaturas (individualizado por cuba). Maceração prolongada por 10 dias. Estágio de 16 a 20 meses em barricas de carvalho francês, das quais 40% novas.
  • Teor de Álcool: 14%
  • Referências/Prémios:
    Robert Parker – 94 pontos
    Wine Enthusiast – 94 pontos (Cellar Selection)
    Wine Anorak – 92 pontos
    Fórum dos Enólogos – Medalha de Ouro
    Revista de Vinhos – 17,5 valores (Melhores do Ano)

 

Quinta do Monte d'Oiro Reserva 2011

  • Classificação: Vinho Regional Lisboa
  • Notas de Prova: «É um tinto que marca bastante os sentidos pela enorme finura e polimento de todas as suas componentes. A fruta madura é delicada e charmosa, notas fumadas e balsâmicas dão envolvência, o corpo cheio cobre taninos de seda. Tudo aqui respira sofisticação e elegância. Um Syrah de referência.» (Luís Ramos Lopes, Revista de Vinhos)
  • Castas: Syrah com 4% Viognier (em co-fermentação)
  • Notas de Vinificação: Viticultura biológica com trabalho parcelar (várias parcelas distintas de Syrah) desde a vindima até ao fim do estágio em barrica. Rendimento por parcela de 19 hectolitros/hectare. Vindima manual, com escolha. Desengace sem esmagamento. Fermentação em cubas de inox com reprodução da pisa a pé. Controlo adequado de temperaturas (individualizado por cuba). Maceração prolongada por 10 dias. Estágio de 16 a 20 meses em barricas de carvalho francês, das quais 40% novas.
  • Teor de Álcool: 13,5%
  • Referências/Prémios:
    Robert Parker – 94 pontos
    João Paulo Martins – 18 valores
    Revista de Vinhos – 17,5 valores (Melhores do Ano)
    Revista Wine – 17,5 valores (Altamente Recomendado)  

 

Quinta do Monte d'Oiro Aurius 2004 - Exclusivo BPI

  • Classificação: Vinho Regional Estremadura
  • Notas de Prova: «Muito bem desenhado, complexo e fresco, estrutura bem alinhada e fundida.» (Manuel Moreira)
  • Castas: Touriga Nacional, Syrah e Petit Verdot
  • Notas de Vinificação: Trabalho parcelar desde a viticultura até ao fim do estágio em barrica. Vindima manual, com escolha. Desengace sem esmagamento. Fermentação em cubas de inox com reprodução da pisa a pé. Controlo adequado de temperaturas (individualizado por cuba). Maceração prolongada de forma provocar o nível de extracção de aromas e compostos fenólicos desejado. Estágio entre 16 e 18 meses (consoante as castas/parcelas) em barricas 100% novas de carvalho francês.
  • Teor de Álcool: 14,5%
  • Referências/Prémios:
    Manuel Moreira – 17,5 valores
    João Paulo Martins – 17 valores
    Rui Falcão – 17 valores

 

Quinta do Monte d'Oiro Lybra 2016 (Branco)

  • Classificação: Vinho Regional Lisboa
  • Notas de Prova: «Cor citrina. Branco muito versátil, de nariz fresco e frutado, com notas de limão e maçã verde. Tem algum volume, muita acidez e fruta de grande frescura, sem qualquer exagero ou apontamento mais forçado. Harmonioso e focado, termina com alegria.» (Célia Lourenço, Revista de Vinhos)
  • Castas: Viognier, Marsanne e Arinto
  • Notas de Vinificação: Viticultura biológica com trabalho parcelar desde a vindima até ao engarrafamento. Vindima manual, com escolha. Esmagamento com prensagem directa. Fermentação em cubas inox com controlo de temperatura.
  • Teor de Álcool: 13%
  • Referências/Prémios:
    Wine Anorak – 90 pontos
    Robert Parker – 89 pontos
    Fórum dos Enólogos – Medalha de Ouro
    Revista de Vinhos – 16,5 valores (selo Boa Compra)
    V Grandes Escolhas – 16,5 valores (selo Boa Escolha)
    Escanção – 90 pontos (Tambuladeira de Ouro)
    João Paulo Martins – 16,5 valores

 

Quinta do Monte d'Oiro Vin de Paille 2012 - Exclusivo BPI - Oferta

  • Classificação: Vinho Regional Lisboa
  • Notas de Prova: Cor amarelo dourada. Notas de fruta compotada e geleia, frutos secos, nuances florais. Na boca é rico e complexo, fresco e gastronómico. Termina longo.
  • Castas: Marsanne
  • Notas de Vinificação: No início da vindima de 2012, escolheram-se os mais belos cachos de Marsanne, casta eleita para o "Vin de Paille" de Tain l'Hermitage, onde nasceu. Os cachos são delicadamente colocados em pequenas caixas e tradicionalmente secos em cima de palha durante 6 a 8 semanas, para que os açúcares se concentrem neste vinho aperitivo de cor d'Oiro. Produzido e engarrafado em edição limitada.
  • Teor de Álcool: 12%
Ofertas
Entrega, Cancelamento e Devolução
Fornecedor
Quinta do Monte d'Oiro