Saltar para o conteúdo
Content ID: PR_WCS01_UCM01021155

BPI Solidariedade | Prémio BPI Solidário

BPI Solidariedade | Prémio BPI Solidário

Para apoiar projetos que promovam a melhoria das condições de vida das pessoas que se encontram em situação de pobreza e exclusão social.

Prémio BPI Solidário 2017
Siga-nos no Facebook
 
BPI Solidário 2017

Um prémio anual com um valor mínimo de 500 mil euros para combater a Pobreza e a Exclusão Social.

O Prémio BPI Solidário tem como objectivo apoiar projectos que promovam a melhoria das condições de vida de pessoas que se encontrem em situação de pobreza e exclusão social.

Criado em 2016, o Prémio BPI Solidário atribuiu na 2ª edição 700 mil euros a instituições sem fins lucrativos para a implementação de 17 projectos de inclusão social.

 


A quem se destina

A todas as instituições privadas sem fins lucrativos, com sede em Portugal, cujos projectos visem melhorar as condições de vida de pessoas que se encontrem em situação de pobreza e de exclusão social.

Cada entidade promotora apenas poderá candidatar-se a um dos Prémios BPI (Prémio BPI Solidário, Prémio BPI Seniores ou Prémio BPI Capacitar).

Prémio

O valor total do donativo atribuído ao Prémio BPI Solidário é no mínimo de € 500.000, a distribuir por prémios até €100.000, podendo existir um prémio até € 200.000.

Os vencedores da edição 2017 serão anunciados no dia 26 de Junho de 2017 (data sujeita a confirmação).

Critérios de avaliação

Um júri independente, nomeado pelo BPI, avaliará as candidaturas e premiará os projectos, de acordo com os seguintes critérios:

  • Qualidade Técnica da Candidatura - valorizada tendo em linha de conta a relevância, fundamentação e programação dos seus objectivos, a sua abrangência em termos de população alvo e o carácter inovador da sua abordagem;
  • Sustentabilidade da Candidatura - valorizada com base na experiência e solidez da instituição candidata, bem como a adequabilidade e a exequibilidade do projecto em termos da sua aplicação de recursos humanos, materiais e financeiros.
Regulamento
Júri

Contactos

premiobpisolidario@bancobpi.pt

800 22 33 44 (disponível das 8h às 20h)


Candidaturas

Prazo de candidatura à edição 2017: 20 de Janeiro a 19 de Fevereiro

Como se candidatar

As candidaturas só poderão ser efectuadas on-line, neste site, durante o período acima referido.

A candidatura exige a aceitação das condições do regulamento do prémio. Antes de se candidatar consulte o regulamento, o guia do formulário e as perguntas frequentes.

Regulamento
Guia do formulário
Perguntas Frequentes

Contactos

premiobpisolidario@bancobpi.pt

800 22 33 44 (disponível das 8h às 20h)

Projectos Premiados 2017


 

Associação Vida Norte

Apoiar jovens mães

  • Reforço da autonomia e auto-estima de grávidas e jovens mães em situação de dificuldade, com apoio de voluntariado especializado, promovendo a empregabilidade;
  • Reforço de conhecimento em temas como a nutrição na gravidez, aleitamento materno e vinculação familiar.

Porto | € 59.615

 

Associação Vida Norte
 

ENTRAJUDA – Associação para o Apoio a Instituições de Solidariedade Social

Formar, reciclar e doar

  • Formação técnica a jovens em risco de exclusão social, promovendo as suas competências profissionais, pessoais e relacionais;
  • Reparação de equipamentos informáticos e electrónicos doados à instituição para posterior entrega a instituições sociais.

Lisboa | € 37.518

 

ENTRAJUDA – Associação para o Apoio a Instituições de Solidariedade Social
 

Fios e Desafios - Associação de Apoio Integrado à Família

Distribuição de refeições

  • Recolha, preparação e distribuição de refeições numa das zonas mais carenciadas da cidade, reduzindo desperdício, aumentando a qualidade das refeições e o número de famílias apoiadas;
  • Integração dos beneficiários como voluntários na instituição, em actividades diversas.

Porto | € 44.039

 

Fios e Desafios - Associação de Apoio Integrado à Família
 

Associação de Solidariedade Social Viver em Alegria

Apoio à maternidade

  • Resposta a necessidades básicas de grávidas, bebés e crianças, complementada com cuidados médicos e apoio psicossocial;
  • Projecto assente em voluntariado, em rede com 11 instituições da região.

Figueira da Foz | € 26.000

 

Associação de Solidariedade Social Viver em Alegria
 

Grupo de Acção Social do Porto

Integração social

  • Promoção de autonomia e integração social e profissional de jovens institucionalizados, com recurso a voluntariado e parcerias externas;
  • Desenvolvimento de competências, preparação para o mercado de trabalho e rede de apoio personalizada.

Porto | € 42.350

 

Grupo de Acção Social do Porto
 

Centro Social e Cultural da Paróquia do Divino Salvador de Real

Melhor alimentação

  • Melhoria da eficácia e qualidade do processo de recolha de bens alimentares;
  • Potenciar o número de beneficiários através do aumento da recolha, conservação e distribuição dos produtos alimentares.

Amarante | € 23.272

 

Centro Social e Cultural da Paróquia do Divino Salvador de Real
 

Cruz Vermelha Portuguesa Centro Humanitário Silves-Albufeira

Formar para empregar

  • Formação em transporte de doentes e actuação em catástrofes ou desastres, com vista à integração profissional de desempregados de longa duração, em situação de exclusão;
  • Os formandos são identificados por instituições parceiras, sendo a formação complementada com apoio à elaboração de currículos e preparação de entrevistas.

Albufeira | € 48.154

 

Cruz Vermelha Portuguesa Centro Humanitário Silves-Albufeira
 

Norte Crescente – Associação de Desenvolvimento Local

Formação para a integração

  • Integração social e profissional de jovens em risco de exclusão e com apoio familiar e social praticamente inexistente;
  • Formação pré-profissional em áreas com potencial de integração no mercado de trabalho.

Ponta Delgada | € 44.720

 

Norte Crescente – Associação de Desenvolvimento Local
 

Candeia – Associação para a Animação de Crianças e Jovens

Famílias voluntárias

  • Capacitação de rede de famílias voluntárias para acolhimento de crianças e jovens sinalizados por entidades oficiais, proporcionando-lhes um ambiente personalizado, constituindo a alternativa à institucionalização prolongada;
  • Nos casos de reintegração da criança junto da família biológica, também esta é apoiada indirectamente de forma a evitar a reincidência institucional.

Lisboa | € 57.960

 

Candeia – Associação para a Animação de Crianças e Jovens
 

Chapitô – Colectividade Cultural e Recreativa de Sta Catarina

Prevenir reincidência criminal

  • Formação em artes performativas a jovens de centros prisionais, desenvolvendo competências pessoais, auto-estima, hábitos de trabalho e disciplina;
  • Aumentar perspectivas de vida e empregabilidade de jovens reclusos evitando que voltem a cair na criminalidade.

Lisboa | € 31.840

 

Chapitô – Colectividade Cultural e Recreativa de Sta Catarina
 

Ajuda de Mãe

Apoio à integração de jovens mães

  • Capacitação de mães para a empregabilidade e desenvolvimento das suas competências parentais e sociais, com vista à sua plena integração na comunidade;
  • Intervenção no desenvolvimento de competências individuais preparando-as também para cuidar de crianças, idosos e para serviços domésticos diversos.

Lisboa | € 42.618

 

Ajuda de Mãe
 

Comunidade Vida e Paz

Mudar de vida

  • Combater as frequentes recaídas que ocorrem na fase crítica da saída de programas de reabilitação, promovendo a reintegração plena na sociedade;
  • Solução pioneira, que visa conjugar esforços com a sociedade civil e com entidades empresariais, para a participação consciente e activa na resolução de problemas sociais.

Lisboa | € 73.664

 

Comunidade Vida e Paz
 

Centro de Apoio Familiar Pinto de Carvalho

Autonomia responsável

  • Desenvolvimento de competências de jovens com apoio familiar deficitário, com vista à integração a curto prazo na sociedade;
  • Criação de apartamentos que facilitem a transição para uma vida autónoma, independente e responsável.

Oliveira de Azeméis | € 25.000

 

Centro de Apoio Familiar Pinto de Carvalho
 

Centro Social e Paroquial de Nossa Senhora de Fátima

Refeitório social

  • Novo espaço de refeitório capaz de dar resposta a mais beneficiários, aumentando as refeições disponibilizadas todos os dias do ano;
  • O refeitório será integrado nas novas instalações da instituição, que terão também balneários, lavandaria e centro de reinserção.

Viana do Castelo | € 25.000

 

Centro Social e Paroquial de Nossa Senhora de Fátima
 

Solsil - Associação de Solidariedade Social do Silveiro

Autonomia acompanhada

  • Habitação temporária, em espaço cedido pela Câmara Municipal, para acolher jovens na fase final do período de institucionalização;
  • Com o apoio da instituição estes jovens podem viver em ambiente experimental de autonomia e saírem mais preparados para o sucesso de uma plena integração na sociedade.

Oliveira do Bairo | € 50.000

 

Solsil - Associação de Solidariedade Social do Silveiro
 

Conselho Português para os Refugiados (CPR)

Acolher refugiados

  • Melhoria na resposta de alojamento provisório para pessoas que solicitam asilo a Portugal, apoiando as diversas fases até à sua integração na sociedade;
  • Ajuda na resposta ao excesso de pedidos de asilo, por períodos que podem ir até aos 12 meses, proporcionando um acolhimento mais digno aos refugiados.

Loures | € 38.250

 

Conselho Português para os Refugiados (CPR)
 

Santa Casa da Misericórdia de Castelo de Vide

Acolher situações emergentes

  • Criação de alojamento temporário para pessoas em situação de emergência social ou carência económica extrema;
  • Este acolhimento é complementado por apoio psicossocial necessário à reestruturação da vida dos seus beneficiários, bem como por outras valências sociais da instituição.

Castelo de Vide | € 30.000

 

Santa Casa da Misericórdia de Castelo de Vide
 
Projectos Premiados 2016