Saltar para o conteúdo
Content ID: PR_WCS01_UCM01146275

BPI lança a 9ª edição do Prémio Nacional de Agricultura

Iniciativa distingue empresas, projetos e personalidades que contribuam para o crescimento e inovação no setor da agricultura

BPI lança a 9ª edição do Prémio Nacional de Agricultura

BPI lança a 9ª edição do Prémio Nacional de Agricultura

Iniciativa distingue empresas, projetos e personalidades que contribuam para o crescimento e inovação no setor da agricultura

  •  Iniciativa distingue empresas, projetos e personalidades que contribuam para o crescimento e inovação no setor da agricultura.
     
  • As candidaturas deverão ser efetuadas no site do Prémio Nacional de Agricultura, até 30 de outubro.
     
  • BPI lidera linha de crédito de curto prazo à agricultura, silvicultura e pecuária do IFAP, com quota de 60% do montante total de crédito enquadrado.
     

Estão abertas as candidaturas à 9ª edição do Prémio Nacional de Agricultura (PNA). A iniciativa resulta de uma parceria entre o BPI e a Cofina (Correio da Manhã e Jornal de Negócios) e conta com o alto patrocínio do Ministério da Agricultura e o apoio da PWC.

As candidaturas deverão ser efetuadas exclusivamente online, no site do Prémio Nacional de Agricultura. O processo de candidaturas decorre até 30 de outubro.

O evento de lançamento, em formato webinar, decorre no dia 10 de setembro e contará com a presença de Maria do Céu Antunes, Ministra da Agricultura, e de Pedro Barreto, Administrador do BPI, com transmissão em direto nos sites do Jornal de Negócios e do Correio da Manhã. Os vencedores desta iniciativa serão anunciados em janeiro de 2021.

O PNA, que recebeu 1.199 candidaturas na edição transata, foi criado com o objetivo de reconhecer os agricultores e as empresas portuguesas que se distingam como casos de sucesso no setor da agricultura em Portugal.
 
Num momento em que as empresas do setor da agricultura estão a ser afetadas pela pandemia Covid-19, as categorias a concurso foram ajustadas, de acordo com este novo contexto e com os desafios que o setor enfrenta.

Nesse sentido, para garantir a representatividade alargada do setor, serão atribuídos prémios a Empresas e Empresários que se tenham destacado nas seguintes categorias: "Jovens Agricultores", "Empresário em Nome Individual", "Empresas Agrodigitais", "Empresas Exportadoras" e "Empresas Sustentáveis".

O PNA vai também distinguir uma personalidade pelo seu percurso e contributo para o setor, bem como premiar uma empresa ou um projeto que se tenha destacado pela inovação e adaptação ao contexto resultante da Covid-19.

As candidaturas serão avaliadas pela PWC, por Comités Técnicos e por um Júri. Qualidade e inovação da oferta, satisfação do cliente, valorização dos produtos locais, tecnologia digital, estratégias de globalização e sustentabilidade (bioeconomia) serão alguns dos critérios considerados para essa avaliação e eleição dos vencedores.

Liderança no apoio ao setor agrícola

O BPI assume a liderança destacada na linha de crédito de curto prazo à agricultura, silvicultura e pecuária do Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (IFAP), com uma quota de 60%[1] do montante total de crédito enquadrado.

Lidera igualmente no número total de garantias emitidas pela Agrogarante, com uma quota de 20%[2], bem como em número de pedidos de adiantamento de subsídios à exploração concedidos pelo IFAP e validados pela CAP, com uma quota de 58%[3].

O BPI apresenta um conjunto de soluções completas que se adequam às múltiplas necessidades das empresas agrícolas e agroindustriais, nomeadamente para apoio à tesouraria e ao investimento. O Banco aposta também na simplificação do processo de contratação das operações.
 

 

 

[1]  Fonte: Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (IFAP). Valores a 31/03/2020.
[2] Fonte: Agrogarante - Sociedade de Garantia Mútua. Valores a 31/05/2020.
[3] Fonte: Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP). Dados relativos à campanha agrícola de 2019. Valores a 30/09/2019.