Saltar para o conteúdo
Content ID: PR_WCS01_UCM01102451

Fundação "la Caixa" lança novos programas para combater a pobreza infantil e promover o envelhecimento ativo em Portugal

Fundação ”la Caixa” lança novos programas para combater a pobreza infantil e promover o envelhecimento ativo em Portugal

Fundação ”la Caixa” lança novos programas para combater a pobreza infantil e promover o envelhecimento ativo em Portugal

  • Ação social da Fundação "la Caixa" e do BPI, em 2018, permitiu impulsionar a criação de cerca de 500 postos de trabalho para pessoas em situação de exclusão e prestar apoio psicossocial a mais de 1.800 pessoas com doenças avançadas e respetivas famílias.

 
O segundo ano da atividade da Fundação "la Caixa" em Portugal será marcado por um aumento de 83% do investimento da entidade em Portugal, passando de uma dotação de 12 milhões de euros em 2018 para um orçamento global de 20 milhões de euros para 2019. Esta verba contribuirá para intensificar a sua ação social, em conjunto com o BPI, com o lançamento de novos programas de luta contra a pobreza infantil e em áreas prioritárias de atuação como o envelhecimento ativo e saudável.

Entre os projetos apresentados hoje, destaca-se o programa de apoio a crianças e famílias em risco de exclusão da Fundação "la Caixa", que tem por objetivo facilitar a promoção socioeducativa de crianças e jovens em risco ou situação de exclusão, através do apoio integral a estes menores e suas famílias.

Outra das prioridades na ação da Fundação "la Caixa" é o novo Programa de Apoio a Seniores, que pretende melhorar a sua qualidade de vida e promover o envelhecimento ativo e saudável, baseando-se sempre em valores como a dignidade da pessoa, o humanismo e a solidariedade.

 

Fundação "la Caixa" e BPI reforçam compromisso com Portugal

Aos novos programas na área social juntam-se o reforço dos projetos já em execução para promover a investigação, o conhecimento e a atribuição de bolsas científicas, assim como iniciativas culturais e educativas que têm percorrido todo o país.

A Fundação "la Caixa", a maior de Espanha e uma das mais relevantes a nível internacional, iniciou em 2018 a sua implantação em Portugal, fruto da entrada do BPI no Grupo CaixaBank. O desenvolvimento progressivo da sua ação social no nosso país tem como principal objetivo contribuir para o bem-estar dos portugueses, com enfoque especial nos grupos sociais mais vulneráveis. Entre os principais projetos realizados em 2018, destacam-se:

  • Programa Incorpora, um programa de inserção sociolaboral que facilita o acesso ao emprego a grupos em situação de exclusão e que em 2018 colocou candidatos em cerca de 500 postos de trabalho.
  • Programa Humaniza, um programa de apoio integral a pessoas com doenças avançadas que disponibiliza assistência psicossocial e espiritual às pessoas que se encontram no final das suas vidas, assim como aos seus familiares. Em 2018, atendeu mais de 1.800 pacientes e 2.000 familiares.
  • Prémios BPI "la Caixa", para apoio a projetos de instituições sociais, num total de 77 projetos no valor de 2,23 milhões de euros em 2018.
  • Apoio à investigação, num total de 4,6 milhões de euros destinados a oito projetos de excelência em investigação em biomedicina e saúde.
  • Cultura, com vários acordos a instituições culturais de referência, como a Fundação de Serralves, a Casa da Música e o Museu Nacional de Arte Antiga, e mais de 115 mil visitantes na exposição itinerante A Floresta.
  • Programa Promove, para a dinamização das zonas interiores fronteiriças com Espanha, com o apoio de cinco projetos piloto.

Consulte aqui o balanço da atividade da Fundação "la Caixa" em Portugal, em 2018.