Saltar para o conteúdo
Content ID:

Modelo de Negócio do BPI

O BPI está centrado na atividade de banca comercial em Portugal, disponibilizando uma extensa oferta de serviços e produtos financeiros para Clientes empresariais, institucionais e particulares. O BPI faz parte do Grupo CaixaBank, que a partir de final de 2018 passou a deter a totalidade do capital do BPI.

O BPI é a quinta maior instituição financeira a operar em Portugal em termos de ativos (31.6 m.M.€), com quotas de mercado de 10% em crédito e em depósitos de Clientes.

Na atividade de seguros, o BPI tem uma joint-venture com a Allianz, firmada numa participação do BPI no capital da Allianz Portugal (35%) e num acordo de distribuição de seguros através da rede comercial do Banco e nos seguros de crédito, o BPI tem uma participação de 50 por cento na COSEC, em parceria com a Euler Hermes (uma empresa do Grupo Allianz), que detém os restantes 50 por cento.

O BPI também detém participações minoritárias em bancos africanos (48.1% do BFA em Angola e 35.67% do BCI em Moçambique).

Principais entidades do BPI

720x350_Principais_Entidades_BPI_jun18

1 Sociedades registadas pelo método de equivalência patrimonial.
2 Em parceria com a Allianz, detentora de 65% do capital.
3 Em parceria com a Euler Hermes, entidade do Grupo Allianz, detentora de 50% do capital.
4 No final de 2018, o BPI alterou a classificação contabilística da participação financeira no BFA, que deixa de ser considerada "empresa associada", consolidada por
equivalência patrimonial, e passa a ser classificada como um investimento financeiro, em "ações ao justo valor por outro rendimento integral".
5 Em parceria com a Caixa Geral de Depósitos (que detém 61.51% do capital).
6 Na sequência do acordo de venda das atividades de banca de investimento – ações e corporate finance – do BPI ao CaixaBank, anunciado em novembro de 2017, foi criada em Portugal uma Sucursal do CaixaBank para onde foram transferidos aqueles negócios de banca de investimento, ativos e Colaboradores afetos. A Sucursal do CaixaBank em Portugal iniciou a sua atividade a 7 de janeiro de 2019. Em paralelo, está em curso o processo de fusão por incorporação do Banco Português de Investimento no Banco BPI. 

Com os objetivos de melhorar e ampliar, a médio e longo prazo, a oferta comercial aos Clientes do BPI, criar sinergias com o grupo CaixaBank e concentrar o BPI na atividade bancária ‘core’, e na sequência de acordos assinados e anunciados ainda em 2017, foram alienados um conjunto de subsidiárias e negócios ao CaixaBank: as subsidiárias BPI Vida e Pensões (ainda em 2017), BPI Gestão de Activos e BPI Global Investment Fund; os negócios de acquiring e de cartões e a atividade de banca de investimento (ações e corporate finance).

No âmbito desta reorganização de negócios dentro do Grupo Caixabank, o BPI continua a disponibilizar aos seus Clientes a oferta destes produtos e serviços e a assegurar o relacionamento com os Clientes, atuando na qualidade de agente:

  • Soluções de investimento e poupança – fundos de investimento, seguros de capitalização e fundos de pensões – fornecidos pela BPI Vida, BPI Gestão de Activos e BPI Global Investment Fund, empresas que foram vendidas às empresas do Grupo Caixabank (VidaCaixa e CaixaBank Asset Management).
  • Soluções de acquiring / Terminais de Pagamento Automático (TPA) que passaram a ser fornecidos pela Comercia Global Payments. A Comercia Global Payments é líder no mercado espanhol de serviços de pagamento automático, sendo detida pelo CaixaBank e pela Global Payments.
  • Cartões de débito e de crédito que passaram a ser emitidos e geridos pela empresa Caixabank Payments.
  • Atividades de corretagem, research e corporate finance – anteriormente exercidas através do Banco de Investimento, detido a 100% pelo Banco BPI, passaram a estar centralizadas na Sucursal do CaixaBank em Portugal, cuja atividade se iniciou em janeiro de 2019.

O BPI serve 1.93 milhões de Clientes no mercado doméstico, com quotas de mercado relevantes nos vários produtos e serviços que oferece.

O modelo de negócio assenta na disponibilização de uma oferta completa de produtos e serviços financeiros, estruturada de forma a responder às necessidades específicas de cada segmento – Particulares, Empresas e Sector Público e Sector Empresarial do Estado – através de uma rede de distribuição especializada, multicanal e totalmente integrada.

A rede física de distribuição conta com 495 unidades comerciais, correspondendo a 421 balcões de retalho, 1 balcão móvel, 39 centros Premier, balcões especializados e estruturas dedicadas aos Clientes empresarias e institucionais, que compreendem 31 centros de empresas e institucionais e 3 centros de Corporate and Investment Banking.

A rede física articula-se com os canais virtuais, que incluem os serviços de homebanking (BPI Net e BPI Net empresas), banca telefónica (BPI Directo) e as aplicações móveis (Apps BPI), assegurando assim a prestação de serviços e produtos bancários a todos os Clientes. 

O negócio do Banco BPI organiza-se em torno de dois segmentos principais: 
 

  • Particulares e Negócios 

A Banca de Particulares, Negócios e Premier é responsável pela ação comercial com Clientes particulares, empresários e empresas com um volume de negócios até 5 M.€. A rede física de balcões está direcionada para os Clientes de massa, empresários e negócios. Para os Clientes "afluente" – Clientes de elevado património ou com potencial de acumulação financeira –, o BPI conta com uma rede de assessores financeiros, localizados nos Centros Premier e em balcões de retalho específicos, vocacionada para prestar um serviço especializado de assessoria financeira. 

O Private Banking do BPI, constituído por uma equipa de profissionais especializados em Portugal e inclui ainda uma subsidiária na Suíça detida a 100% – a BPI Suisse –, presta serviços especializados de gestão discricionária e aconselhamento financeiro a Clientes particulares com elevado património.
 

  • Empresas e Institucionais 

A Banca de Empresas e Institucionais serve, através de uma rede especializada, as grandes e médias empresas com um volume de negócio superior a 2 M.€, operando em paralelo com a Banca de Particulares, Negócios e Premier no segmento até 5 M.€. Esta rede é também direcionada para Clientes institucionais, nomeadamente entidades do Sector Público, Empresas Públicas e Municipais, Sector Empresarial do Estado, ou outras entidades institucionais com um volume de negócios superior a 2 M.€ ou com responsabilidades no BPI superiores a € 500 mil. 

O Corporate and Investment Banking gere o relacionamento com os maiores grupos empresariais nacionais, companhias de seguros e subsidiárias das maiores empresas espanholas, assegurando uma lógica Ibérica com o objetivo de proporcionar um melhor serviço.

Segmentação de Clientes e de rede de distribuição em Portugal

720x801_Rede_distribuicao em Portugal

  • Volume de negócios, m.M.€

HNWI = Particulares de elevado património (High Net Worth Individuals).
CIB = Corporate and Investment Banking.
SEE = Setor Empresarial do Estado.

Volume de negócios = crédito bruto + garantias + recursos totais de Clientes (no balanço e fora do balanço). No caso do Private Banking, corresponde à carteira de gestão discricionária e aconselhamento, participações estáveis sob custódia e carteira de crédito e garantias.