Saltar para o conteúdo
Content ID: PR_WCS01_UCM01132477

Resultados Consolidados do Banco BPI relativos ao 1º Trimestre de 2020

BPI apresenta lucro consolidado de 6,3 milhões de euros no primeiro trimestre após registar 32 milhões de imparidades de crédito no contexto Covid-19.

Resultados Consolidados do Banco BPI relativos ao 1º Trimestre de 2020 | Banco BPI

Resultados Consolidados do Banco BPI relativos ao 1º Trimestre de 2020 | Banco BPI

BPI apresenta lucro consolidado de 6,3 milhões de euros no primeiro trimestre após registar 32 milhões de imparidades de crédito no contexto Covid-19.

  • A forte posição financeira do BPI, refletida na elevada qualidade dos ativos e forte capitalização, permitirá ao BPI enfrentar a atual crise e contribuir para a recuperação económica, apoiando os clientes:

    . Rácio NPE (definição EBA) de 2,3% (melhora 0.2 p.p. face a dezembro de 2019). Cobertura de NPE de 125% por imparidades e colaterais.
    . Rácios de capital (fully loaded) aumentam e BPI cumpre requisitos dos supervisores por margem significativa: CET1 de 13,7%, T1 de 15,2% e capital total de 16,9%. 
     
  • O BPI está a apoiar os clientes com medidas para as famílias e empresas: 

    . 57,5 mil pedidos de moratórias de créditos de 4,8 mil M.€: crédito habitação (24,8 mil pedidos de créditos de 2,11 mil M.€); crédito pessoal e financiamento automóvel (15,9 mil pedidos de créditos de 249 M.€); crédito a empresas (16,7 mil pedidos de créditos de 2,41 mil M.€).
    . 1,1 mil M.€ de candidaturas recebidas às linhas de crédito de apoio público COVID-19.
    . 2,43 mil M.€ de linhas de crédito BPI contratadas com empresas disponíveis para utilização imediata. 
     
  • O negócio registou um bom desempenho durante o primeiro trimestre, confirmando a evolução positiva da economia portuguesa antes da pandemia.
  • Produto bancário comercial em Portugal registou um acréscimo de 4,5 milhões de euros para 176,5 milhões de euros (+2,6% yoy).
  • Depósitos de clientes aumentam 765 milhões de euros em três meses (+3,4% face a dezembro de 2019). Aumento de 10,4% yoy dos depósitos de clientes (vs março 2019)
  • Produção de crédito hipotecário praticamente duplica em termos homólogos para 452 milhões de euros no primeiro trimestre de 2020.
  • Desempenho positivo da margem financeira que regista uma subida de 2,9% yoy para 109,9 milhões de euros.
  • Carteira de crédito aumenta 4,9% yoy (vs. março 2019) e +0,6%ytd.
  • Utilizadores regulares de banca digital do BPI sobem 5% yoy, totalizando 679 mil clientes. Número de utilizadores da BPI App cresceu 27% yoy para 420 mil clientes.
     

O BPI registou nos três primeiros meses de 2020 um lucro consolidado de 6,3 milhões de euros, dos quais 4,4 milhões de euros correspondem ao resultado líquido da atividade registada em Portugal.

O resultado consolidado é inferior em 87% em relação ao do 1º trimestre de 2019 devido ao impacto de fatores relacionados com a crise da pandemia de Covid-19, nomeadamente, queda nos mercados financeiros e reforço de imparidades para fazer face a impactos futuros que, em conjunto, tiveram um impacto negativo de 47 milhões de euros no resultado antes de impostos. Adicionalmente, a evolução do resultado é afetada pela contabilização no 1º trimestre de 2020 da totalidade da contribuição bancária (15,5 M.€), quando em 2019 foi periodificada ao longo do ano (4,0 M.€ no 1º trim. 2019).

O contributo das participações no BFA e BCI foi de 1,9 M.€ no 1º trimestre de 2020.

Ver Comunicado Completo.