Saltar para o conteúdo
Content ID: PR_WCS01_UCM01115294

7ª Edição do Prémio BPI "la Caixa" Seniores

Entregues 750 mil euros a 27 projetos para apoiar pessoas com mais de 65 anos e os seus cuidadores.

7ª Edição do Prémio BPI "la Caixa" Seniores | Banco BPI

7ª Edição do Prémio BPI

Entregues 750 mil euros a 27 projetos para apoiar pessoas com mais de 65 anos e os seus cuidadores

  • Projetos receberam em média cerca de 27.800 euros para promover a integração social e o envelhecimento ativo, saudável e em casa, de pessoas com idade superior a 65 anos em situação de vulnerabilidade social.
  • Em 2017, o risco de pobreza entre a população com mais de 65 anos situava-se nos 17,7%. O índice de dependência atingiu os 33,6% em 2018. O Prémio também apoia projetos dirigidos aos cuidadores informais.
  • Criado em 2013, o Prémio Seniores já atribuiu 4,5 milhões de euros, distribuídos por 194 projetos de instituições de solidariedade de Norte a Sul do País e Ilhas.

Combater o isolamento em contexto rural e urbano, promover o envelhecimento ativo, dinamizar encontros intergeracionais, promover serviços aos idosos que estão em suas casas e apostar na prevenção na saúde são alguns dos objetivos dos 27 projetos distinguidos hoje no âmbito da 7ª edição do Prémio BPI "la Caixa" Seniores. As duas entidades atribuíram 750 mil euros a esses projetos destinados a promover a integração social e o envelhecimento ativo, saudável e em casa, de pessoas com idade superior a 65 anos em situação de vulnerabilidade social.

Os cuidadores informais também foram alvo de especial atenção do júri presidido pelo Professor António Barreto. Segundo estimativas da EuroCarers, existem cerca de 827 mil cuidadores informais em Portugal, ou seja, pessoas com relação familiar ou não, que prestam assistência em contexto familiar e que de forma não remunerada asseguram a nobre tarefa de cuidar de alguém em situação de dependência. Os projetos distinguidos nessa área pretendem prestar apoio psicológico, capacitar e melhorar a qualidade de vida dos cuidadores, com reflexos diretos no bem-estar dos dependentes.

O envelhecimento da população é um dos maiores desafios que se coloca a Portugal. Segundo dados do PORDATA, o país tem um rácio de 157 idosos para cada 100 jovens, refletindo um ritmo acelerado de envelhecimento da população na última década. Esse crescimento também se verifica no índice de dependência, que se situou, em 2018, nos 33,6%. Além disso, de acordo com o Inquérito às Condições de Vida e Rendimento do Instituto Nacional de Estatística (INE), em 2017, o risco de pobreza entre a população com mais de 65 anos subiu para os 17,7% (+0.7 p.p. face ao ano anterior).  É esta realidade que o Prémio Seniores, uma iniciativa conjunta do BPI e da Fundação "la Caixa", pretende contrariar, através do apoio a projetos de instituições privadas sem fins lucrativos. Criado em 2013, o Prémio Seniores já atribuiu 4,5 milhões de euros, distribuídos por 194 projetos de Norte a Sul do País e Ilhas.

As duas entidades estabeleceram um acordo de colaboração para o desenvolvimento de projetos de carácter social e cultural em Portugal após a entrada do BPI no grupo CaixaBank. Em 2019 serão distribuídos 3,75 milhões de euros.

460x240_playseniores

13,5 milhões de euros para 462 projetos que apoiaram mais de 120.000 beneficiários

As 21 edições concluídas dos prémios organizados pelo BPI, desde 2010, e com o apoio da Fundação "la Caixa" desde 2018, receberam mais de 6.800 candidaturas e premiaram 462 projetos em diferentes áreas de intervenção social. Foram atribuídos cerca de 13,5 milhões de euros que beneficiaram diretamente mais de 120.000 portugueses em situação de vulnerabilidade.

460x240_tabela

Projetos distinguidos no Prémio BPI "la Caixa" Seniores 2019

Foram distinguidos os projetos das seguintes 27 instituições: Associação das Cozinhas Económicas Rainha Santa Isabel | Associação de Solidariedade Social de Ponte de Sor | Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Leça do Balio | Associação Humanitária Os Amigos de Colmeias | Associação Paços 2000 | Associação Portuguesa de Familiares e Amigos de Doentes de Alzheimer | Casa do Povo de Vilarinho dos Freires | Centro Comunitário de Esmoriz | Centro de Bem Estar Social de Vale de Figueira | Centro Humanitário de Macieira de Rates | Centro Paroquial de São Bernardo | Centro Social Cultural e Recreativo das freguesias de Messegães, Valadares e Sá | Centro Social da Paróquia de S. Salvador de Grijó | Centro Social do Vale do Homem | Centro Social e Cultural de S. Pedro do Bairro | Centro Social Paroquial da Lourinhã | Centro Social Paroquial de Nossa Senhora do Amparo de Benfica | Centro Social Paroquial de Requião | Centro Social Paroquial São Romão de Carnaxide | Centro Social, Cultural e Recreativo de Carregosa | Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação de Coimbra |  Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Resende | Probranca - Associação para o Desenvolvimento Sócio-Cultural da Branca | Santa Casa da Misericórdia de Sesimbra | Santa Casa da Misericórdia de Vale de Cambra | Santa Casa da Misericórdia de Vila Velha de Rodão; STC – Associação Serve the City Portugal