Saltar para o conteúdo
Content ID: PR_WCS01_UCM01093052

Conjunto de Vinhos João Portugal Ramos

Aproveite as Soluções de Crédito BPI e não perca a oportunidade de adquirir um conjunto de vinhos da João Portugal Ramos, que inclui vinhos do Douro, Alentejo, Beiras, e Vinhos Verdes, um pacote lançado exclusivamente em parceria com o BPI.

João Portugal Ramos Estremus - Tinto 2015Zoom

João Portugal Ramos Estremus - Tinto 2015
Edição Limitada – Garrafas Numeradas (1 a 3288)

Duorum O. Leucura – Tinto Reserva 2012Zoom

Duorum O. Leucura – Tinto Reserva 2012

Marquês de Borba Reserva - Tinto 2015Zoom

Marquês de Borba Reserva - Tinto 2015

Quinta de Foz de Arouce Vinhas Velhas de Santa Maria – Tinto 2015Zoom

Quinta de Foz de Arouce
Vinhas Velhas de Santa Maria – Tinto 2015

Quinta de Foz de Arouce – Tinto 2013Zoom

Quinta de Foz de Arouce – Tinto 2013

Duorum Reserva Vinhas Velhas - Tinto 2015Zoom

Duorum Reserva Vinhas Velhas - Tinto 2015

Vila Santa Reserva - Tinto 2016Zoom

Vila Santa Reserva - Tinto 2016

Marquês de Borba Vinhas Velhas - Tinto 2017Zoom

Marquês de Borba Vinhas Velhas - Tinto 2017

Alvarinho – Vinho Verde 2017Zoom

Alvarinho – Vinho Verde 2017

Alvarinho Reserva – Vinho Verde 2017Zoom

Alvarinho Reserva – Vinho Verde 2017

Marquês de Borba Vinhas velhas - Branco 2016Zoom

Marquês de Borba Vinhas velhas - Branco 2016

Caixa João Portugal RamosZoom

Caixa Personalizada João Portugal Ramos

Voucher João Portugal RamosZoomOferta

Voucher almoço

Decanter João Portugal RamosZoomOferta

Decanter

O Conjunto de Vinhos João Portugal Ramos é constituído por 19 garrafas de vinho e é apresentado numa caixa personalizada de madeira.

  • 1 Estremus 2015
  • 1 Duorum O. Leucura 2012
  • 2 Duorum Reserva 2015
  • 1 Marquês de Borba Reserva 2015
  • 2 Vila Santa Reserva 2016
  • 2 Marquês de Borba Vinhas Velhas Branco
  • 2 Marquês de Borba Vinhas Velhas Tinto
  • 2 Foz de Arouce Tinto 2013
  • 2 Foz de Arouce Vinhas Velhas de Sta Maria 2015
  • 2 Alvarinho Reserva 2017
  • 2 Alvarinho 2017 

Condições de Financiamento

O produto só pode ser adquirido com o seu Cartão de Crédito BPI (Particular ou Empresa).

A TAEG/TAE é variável em função do Cartão de Crédito BPI utilizado para pagamento.

Cartão BPI - TAEG 13,7%, TAN 9,5%, anuidade € 20. Cartão BPI Gold - TAEG 16,1%, TAN 10,3%, anuidade € 50. Cartão Premier - TAEG 13,7%, TAN 9,75%, anuidade € 29,97.
Cartão BPI Prémio - TAEG 14,5%, TAN 11,2%, anuidade € 14. Cartão BPI Campeões - TAEG 14,7%, TAN 11,6%, anuidade € 12,50. Cartão FC Porto - TAEG 14,7%, TAN 11,6%, anuidade € 12,50.
Cartão ACP Master - TAEG 13,2%, TAN 8,4%, anuidade € 24. Cartão BPI Zoom - TAEG 14,1% a 16,1%, TAN 10,5% a 12,2%, anuidade € 10 para Não Clientes BPI.

TAEG calculadas para uma utilização de crédito de € 1.500 (exceto para o Cartão BPI Gold e para o Cartão Premier, em que o exemplo é de € 2.500), para as anuidades acima referidas e reembolso em 12 prestações iguais de capital, acrescidas de juros às TAN acima referidas e dos impostos legais em vigor.  A taxa de juro é calculada com base em 360 dias, sem arredondamento.

Cartão BPI Business e BPI Corporate TAE versões Classic: 18,9%, TAN 16%, anuidade € 20, TAE versões Gold: 20,5%, TAN 16%, anuidade € 37,50. TAE calculada, para um exemplo de crédito de € 1.500, TAN e anuidades referidas, prazo de 12 meses e reembolso único no final do prazo, nos termos do DL 220/94. A taxa de juro é calculada com base em 360 dias, sem arredondamento.

O valor do PVP será processado como uma transação de compra no extrato do seu cartão de crédito e o pagamento será realizado de acordo com a modalidade de pagamento definida.

O BPI reserva-se o direito de não processar o pedido, caso o seu cartão não se encontre em situação regular.

Campanha limitada ao stock existente.

PVP: € 395,00

Outras Características

João Portugal Ramos Estremus - Tinto 2015

  • Classificação: Vinho Regional Alentejano
  • Notas de Prova: Aroma intenso e profundo, dominado por frutos pretos maduros como cassis e amoras, complexado por aromas terciários provenientes do seu estágio em barricas. Ataque suave, ao qual se segue uma evolução caracterizada pela acidez, volume e estrutura, em harmonia, que lhe confere um final longo, persistente e de grande elegância.
  • Castas: Trincadeira e Alicante Bouschet
  • Notas de Vinificação: As duas castas em conjunto fermentam quatro dias em lagares de mármore com pisa a pé. Trasfega para cuba de inox onde acaba a fermentação alcoólica. Seguem-se 12 dias de maceração pós fermentativa. Estágio 18 meses em meias pipas de carvalho francês.
  • Teor de Álcool: 14%
  • Referências/Prémios:
    - RobertParker/The Wine Advocate – 94 pontos
    - Revista Wine-Top 10 vinhos Portugueses 2014 – 18,5 valores
    - Revista de Vinhos 18 valores

Duorum O. Leucura – Tinto Reserva 2012

  • Classificação: Denominação de Origem Douro
  • Notas de Prova: Cor vermelha muito intensa e profunda. Aroma intenso, concentrado e complexo, dominado pelos frutos pretos maduros, como amora e o "cassis", muito vivos e pelos aromas florais, como a violeta e complexado pelos aromas provenientes da sua "elevage" em barrica. Um vinho concentrado, denso, de elevada estrutura. Possui uma acidez equilibrada, taninos firmes e muito maduros, bem envolvidos no seu corpo e volume. Um final de grande persistência!
  • Castas: "Field Blend" de Vinhas Velhas com predominância de Touriga Nacional e Touriga Franca
  • Notas de Vinificação: As uvas são submetidas a uma escolha à chegada à adega, sendo posteriormente desengaçadas. Segue-se a maceração pré-fermentativa a baixa temperatura com pisa robotizada em lagares de inox. São de seguida conduzidas para cubas de inox com temperatura controlada onde terminam a fermentação alcoólica. A vinificação termina com uma longa maceração pós-fermentativa. As massas permanecem em contacto com o mosto até o máximo de 18 dias. Estágio em barricas de 225 litros de carvalho francês durante um período de cerca de 24 meses.
  • Teor de Álcool: 14%
  • Prémios / Referências: 
    - Robert Parker/The Wine advocate – 94 pontos
    - Revista de Vinhos – 18,5 Altamente Recomendado

 

Marquês de Borba Reserva - Tinto 2015

  • Classificação: DOC Alentejo
  • Notas de Prova: Retinto. Excelente concentração aromática. Notas de frutos vermelhos, especiarias e compotas. Potente e elegante. Sólido, vigoroso, e com taninos muito compactos mas esmagados pelo corpo. Longo e distinto final. Vinho de guarda.
  • Castas: Vinhas Velhas com predominância de Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz e Sousão
  • Notas de Vinificação: As uvas são desengaçadas e criteriosamente seleccionadas manualmente na mesa de escolha. Após o esmagamento, são pisadas em lagares de mármore com a tradicional pisa a pé. Segue-se a fermentação malolática que decorre em barricas de carvalho francês. Estágio 18 meses em meias pipas novas de carvalho francês
  • Teor de Álcool: 14,5%
  • Referências/Prémios: 
    - Wine Enthusiast – 93 pontos "Cellar Selection"
    - eRobertParker/The Wine Advocate – 93 pontos
    - Revista de Vinhos – 18 valores

Quinta de Foz de Arouce
Vinhas Velhas de Santa Maria – Tinto 2015

  • Classificação: Vinho Regional Beiras
  • Notas de Prova: Muito concentrado, aroma de ameixa e frutos vermelhos, com notas de especiaria e tabaco. Poderoso na boca, denso e com taninos bem envolvidos. Final longo e persistente. Um vinho de guarda.
  • Castas: Baga
  • Notas de Vinificação: Desengace total e fermentação em lagar com pisa a pé. Longa maceração pós fermentativa. Fermentação maloláctica em barrica. Estágio de 14 meses em barricas de carvalho francês
  • Teor de Álcool: 13,5%
  • Referências/Prémios:
    - Wine Enthusiast – 93 pontos
    - eRobertParker/The Wine Advocate – 92 pontos

Duorum Reserva Vinhas Velhas - Tinto 2015

  • Classificação: Douro DOC
  • Notas de Prova: Cor vermelha profunda e densa. Aroma intenso, concentrado e complexo, dominado pelos frutos pretos maduros, como amora, cassis, groselha, aromas florais, a violeta, e aromas de madeiras exóticas. A sua complexidade, que tende a aumentar com o tempo, provém dos aromas originados pela sua "élevage" em barricas. Acidez presente, taninos firmes mas maduros, bem envolvidos no seu corpo e volume. Um vinho cheio, intenso, e de grande persistência final.
  • Castas: Vinhas Velhas com predominância de Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz e Sousão
  • Notas de Vinificação: As uvas provenientes das vinhas, a maioria das quais muito velhas com cerca de 100 anos, são submetidas a uma escolha à chegada à adega, sendo as seleccionadas posteriormente desengaçadas. Segue-se a maceração pré-fermentativa a baixa temperatura com pisa robotizada em lagares de inox. São de seguida conduzidas para cubas de inox com temperatura controlada onde terminam a fermentação alcoólica. A vinificação termina com a maceração pós-fermentativa. Estágio em barricas de 225 e 300 litros de carvalho francês durante um período de cerca de 18 meses, de acordo com cada lote e casta. Utilização de 70% de barricas de carvalho novo e 30% de carvalho de segundo e terceiro ano.
  • Teor de Álcool: 14%
  • Referências/Prémios:
    - ine Enthusiast – 93 pontos "Cellar Selection"
    - eRobertParker/The Wine Advocate – 93 pontos
    - Revista de Vinhos – 18 valores

Quinta de Foz de Arouce – Tinto 2013

  • Classificação: Vinho Regional Beiras
  • Notas de Prova: Boa concentração aromática com notas de frutos vermelhos e resina. Taninos macios, equilibrado com um final persistente.
  • Castas: Baga e Touriga Nacional
  • Notas de Vinificação: Desengace total e fermentação em cubas de inox com controle de temperatura, precedida de maceração pré fermentativa. Estágio de 6 meses em barricas de carvalho francês de segundo ano
  • Teor de Álcool: 13%
  • Referências/Prémios:
    - Wine Enthusiast – 93 pontos
    - eRobertParker/The Wine Advocate – 92 pontos

Vila Santa Reserva - Tinto 2016

  • Classificação: Regional Alentejano
  • Notas de Prova: Cor granada intensa. Aroma que sugere frutos pretos muito maduros bem casados com especiarias de barrica. Elegante e encorpado, com taninos macios bem presentes. Um vinho carnudo, poderoso e cheio.
  • Castas: Aragonez,Touriga Nacional, Syrah, Cabernet Sauvignon, Alicante Bouschet
  • Notas de Vinificação: Parte da colheita é pisada em lagares de mármore e a restante fermenta em balseiros de madeira com temperatura controlada, seguindo-se uma longa maceração pós-fermentativa. Estágio de 9 meses em pipas de carvalho americano e francês
  • Teor de Álcool: 14%
  • Referências/Prémios:
    - eRobertParker/The Wine Advocate – 91 pontos
    - Revista de Vinhos – 17,5 valores

 

Marquês de Borba Vinhas Velhas - Tinto 2017

  • Classificação: DOC Alentejo
  • Notas de Prova: Cor granada intensa, no nariz grande concentração de frutos pretos, folha de eucalipto e algumas notas de especiarias provenientes do estágio em barrica. Grande volume na boca com taninos aveludados.
  • Castas: Alicante Bouschet, Aragonez, Castelão, Syrah
  • Notas de Vinificação: As uvas são desengaçadas e criteriosamente seleccionadas manualmente na mesa de escolha. Após o esmagamento, são pisadas em lagares de mármore, durante 4 a 5 dias, sendo depois transferidas para cubas de inox onde é finalizada a fermentação alcoólica. Estágio de 12 meses em barricas de carvalho americano e francês
  • Teor de Álcool: 14,5%
  • Referências/Prémios: 
    - eRobertParker/The Wine Advocate – 91 pontos
    - Revista de Vinhos – 17,5 valores

Alvarinho – Vinho Verde 2017

  • Classificação: Vinhos Verde DOC– Sub-Região de Monção e Melgaço
  • Notas de Prova: Cor citrina. Aroma intenso, cítrico e floral, com notas minerais e de frutos tropicais. Elegante e envolvente, termina com notas minerais num longo final de boca.
  • Castas: Alvarinho
  • Notas de Vinificação: Após uma maceração pré-fermentativa a baixa temperatura as uvas são prensadas e o mosto clarificado. A fermentação decorre a temperatura controlada de 16ºC, durante duas a três semanas. 20% do mosto é fermentado em barricas novas de carvalho francês.
  • Teor de Álcool: 13%
  • Referências/Prémios: Wine Enthusiast – 91 pontos "Best Buy"

Alvarinho Reserva – Vinho Verde 2017

  • Classificação: Vinhos Verde DOC– Sub-Região de Monção e Melgaço
  • Notas de Prova: Aroma muito elegante e sóbrio, com um perfeito equilíbrio entre a mineralidade, a madeira e as notas frutadas e florais. Intenso e longo final de boca
  • Castas: Alvarinho
  • Notas de Vinificação: Após o esmagamento ocorreu uma maceração pelicular, seguindo-se uma prensagem suave e uma maceração longa, a baixa temperatura com borra. Posteriormente o mosto foi clarificado por decantação.
  • Teor de Álcool: 13%

Marquês de Borba Vinhas velhas - Branco 2016

Classificação: DOC Alentejo
Notas de Prova: Vinho branco de aspeto cristalino. No aroma evidenciam-se frutos cítricos, como a toranja e o limão, acompanhados de uma tosta proveniente de barrica mas que não se sobrepõe à fruta. Grande frescura e mineralidade na boca, evidenciando uma ligeira gordura proveniente do estágio sobre as borras.
Castas: Arinto, Roupeiro, Antão Vaz, Alvarinho
Notas de Vinificação: As uvas são colhidas manualmente de manhã cedo, para pequenas caixas, para preservar a frescura. As uvas são arrefecidas numa câmara frigorífica antes de serem vinificadas. A fermentação decorre em cubas de inox com controle de temperatura. Após 1/3 da fermentação alcoólica, o mosto é transferido para barricas novas e usadas onde é concluída a fermentação. Estágio 8 meses em barricas de carvalho francês e húngaro
Teor de Álcool: 13%

Ofertas
Entrega, Cancelamento e Devolução
Fornecedor
João Portugal Ramos