Saltar para o conteúdo
Content ID: PR_WCS01_UCM01068654

Conjunto de Vinhos José Maria da Fonseca

Aproveite as condições de Crédito BPI para adquirir um conjunto de vinhos José Maria da Fonseca, lançados exclusivamente em parceria com o BPI.

Conjunto de Vinhos José Maria da FonsecaZoom

Conjunto de Vinhos José Maria da Fonseca

Hexagon Tinto 2014Zoom

Hexagon Tinto 2014

Hexagon Branco 2015Zoom

Hexagon Branco 2015

Domini Plus Tinto 2015Zoom

Domini Plus Tinto 2015

Puro Talha Tinto 2015Zoom

Puro Talha Tinto 2015

Periquita Superyor Tinto 2015Zoom

Periquita Superyor Tinto 2015

FSF Tinto 2015Zoom

FSF Tinto 2015

Verdelho Branco 2017Zoom

Domingos Soares Franco - Colecção Privada - Verdelho Branco 2017

Roxo Rosé 2017Zoom

Domingos Soares Franco - Colecção Privada - Roxo Rosé 2017

Domingos Soares Franco Moscatel Roxo 2002ZoomOferta

Domingos Soares Franco - Colecção Privada - Moscatel Roxo 2002

Aguardente Velha Reserva 1964ZoomOferta

Aguardente Velha Reserva 1964

O Conjunto de Vinhos José Maria da Fonseca é apresentado num baú personalizado em madeira com o logo da Empresa e é constítuido por:

  • 2 Hexagon Tinto 2014 (75 Cl)
  • 2 Hexagon Branco 2015 (75 Cl)
  • 2 Domini Plus Tinto 2015 (75 Cl)
  • 2 Puro Talha Tinto 2015 (75 Cl)
  • 2 Periquita Superyor Tinto 2015 (75 Cl)
  • 2 FSF Tinto 2015 (75 Cl)
  • 1 Domingos Soares Franco - Colecção Privada - Verdelho Branco 2017 (75 Cl)
  • 1 Domingos Soares Franco - Colecção Privada - Roxo Rosé 2017 (75 Cl)
      

Condições de Financiamento

O produto só pode ser adquirido com o seu Cartão de Crédito BPI (Particular ou Empresa).

A TAEG/TAE é variável em função do Cartão de Crédito BPI utilizado para pagamento.

Cartão BPI - TAEG 13,3%, TAN 9,9%, anuidade € 20. Cartão BPI Gold - TAEG 15,7%, TAN 10,8%, anuidade € 50. Cartão Premier - TAEG 12,8%, TAN 9,75%, anuidade € 29,97.
Cartão BPI Prémio - TAEG 14,1%, TAN 11,6%, anuidade € 14. Cartão BPI Campeões - TAEG 14,2%,TAN 12,0%, anuidade € 12,50. Cartão FC Porto - TAEG 14,2%, TAN 12,0%, anuidade € 12,50.
Cartão ACP Master - TAEG 12,8%, TAN 8,8%, anuidade € 24. Cartão BPI Zoom - TAEG 13,1% a 15,7%, TAN 10,5% a 12,7%, anuidade € 10 para Não Clientes BPI.

TAEG calculadas para uma utilização de crédito de € 1.500 (exceto para o Cartão BPI Gold e para o Cartão Premier, em que o exemplo é de € 2.500), para as anuidades acima referidas e reembolso em 12 prestações iguais de capital, acrescidas de juros às TAN acima referidas e dos impostos legais em vigor.  A taxa de juro é calculada com base em 360 dias, sem arredondamento.

Cartão BPI Business e BPI Corporate TAE versões Classic: 18,9%, TAN 16%, anuidade € 20, TAE versões Gold: 20,5%, TAN 16%, anuidade € 37,50. TAE calculada, para um exemplo de crédito de € 1.500, TAN e anuidades referidas, prazo de 12 meses e reembolso único no final do prazo, nos termos do DL 220/94. A taxa de juro é calculada com base em 360 dias, sem arredondamento.

O valor do PVP será processado como uma transação de compra no extrato do seu cartão de crédito e o pagamento será realizado de acordo com a modalidade de pagamento definida.

O BPI reserva-se o direito de não processar o pedido, caso o seu cartão não se encontre em situação regular.

Campanha limitada ao stock existente.

PVP: € 395,00

Outras Características

Hexagon Tinto 2014

  • Região: Península de Setúbal
  • Notas de Prova: Cor vermelho profundo; Aroma a amoras vermelhas, groselha, violetas, madeira de carvalho, e figos secos. Paladar frutado, redondo, suave, com estrutura, taninos presentes mas suaves. Final de Prova: Longo
  • Vinificação: As uvas são pisadas num lagar em inox no qual são fermentadas a uma temperatura de 27ºC durante mais ou menos 6 dias. A fermentação alcoólica acaba nos cascos de carvalho onde o vinho permanece em cima de borras finas por volta de 3 meses. Durante este período é feita a bâtonnage. A seguir à primeira trasfega o vinho regressa aos mesmos cascos. No final deste estágio que leva o tempo necessário, é efetuada mais uma trasfega seguindo-se de imediato o engarrafamento, sem filtração ou estabilização.
  • Envelhecimento: O vinho estagiou em meias pipas novas de carvalho francês durante 10 meses.
  • Castas: Touriga Nacional (33%), Touriga Franca (33%), Tinto Cão (14%), Trincadeira (10%), Syrah (7%), Tannat (3%)
  • Modo de Servir: Deve ser servido a uma temperatura de 14ºC e consumido a 16ºC, depois de decantado, acompanhando caça e queijo. O vinho pode criar depósito com a idade.
  • Teor de Álcool: 14%
  • Referências/Prémios:
    Colheita 2008 – Revista Wine – 18 valores
    Colheita 2008 – Revista de Vinhos – 17,5 valores
    Colheita 2007 – Revista de Vinhos – 17,5 valores
    Colheita 2007 – Revista Wine – 18 valores
    Colheita 2007 – Revista Wine Advocate Magazine – 89 pts
    Colheita 2007 – Revista Mark Squires – 89 pts
    Colheita 2005 – Revista Wine – 18 valores
    Colheita 2003 – Revista Wine Advocate Magazine – 89 pts
     

Hexagon Branco 2015 – O Topo de Gama Branco da José Maria da Fonseca

  • Região: Península de Setúbal
  • Notas de Prova: Amarelo Palha; Aroma a madressilva, banana, meloa, madeira de carvalho muito suave. Nariz elegante com alguma complexidade e fino. Paladar frutado, boa acidez, equilibrado, elegante e cheio. Final de prova: Médio
  • Vinificação: Parte em meias pipas de 2º ano de carvalho francês
  • Envelhecimento: Parte envelheceu 3 meses em carvalho francês de 2º ano
  • Castas: Alvarinho (22%), Verdelho (7%), Viosinho (36%), Antão Vaz (35%)
  • Modo de Servir: Servir a 14ºC e consumir a uma temperatura de 16ºC em copo grande,a acompanhar peixes e mariscos.
  • Teor de Álcool: 12,4%
  • Referências/Prémios:
    Colheita 2013 – Classificado como um dos "Melhores do Ano" no Guia de Vinhos de Portugal pelo crítico João Paulo Martins
     

Domini Plus Tinto 2015

  • Região: Douro
  • Notas de Prova: Cor vermelho profundo; Aroma a esteva, madeira de carvalho, licoroso, grafite, avelãs. Paladar suave, boa acidez, taninos presentes, algo frutado. Final de Prova: Longo
  • Vinificação: Maceração pelicular e fermentação a uma temperatura de 28ºC em lagar de granito.
  •  Envelhecimento: O vinho estagiou em meias pipas novas de carvalho francês durante 10 meses.
  • Castas: Touriga Francesa (96%), e Touriga Nacional (4%)
  • Modo de Servir: Deve ser servido a uma temperatura de 14ºC e consumido a 16ºC, acompanhando com carnes assadas, caça, queijos de pasta mole.
  • Teor de Álcool: 13,9%
  • Referências/Prémios:
    Colheita 2011 - Revista Wine – 93 pts
    Colheita 2008 - Revista de Vinhos "Os melhores de 2010"- 17,5 valores
    Colheita 2008 - Revista Wine – 17,5 valores
    Colheita 2008 - Revista Wine Spector – 87 pts
    Colheita 2008 - Revista Wine Enthusiast – 93 pts
    Colheita 2007 - Revista Wine Enthusiast – 94 pts
    Colheita 2007 - Revista Wine Spector – 88 pts
    Colheita 2005 - Revista Wine Enthusiast – 91 pts
    Colheita 2005 - Revista Vinhos – 17 valores
    Colheita 2005 - Revista Wine – 17,5 valores
    Colheita 2004 - Revista Wine Enthusiast – 92 pts
     

Puro Talha Tinto 2015

  • Região: Alentejo
  • Notas de Prova: Cor vermelho acastanhado, Aroma a frutos secos, especiarias (Pimenta Preta, Cravinho), barro, licoroso, evoluído mas não oxidado. Paladar robusto, seco, boa acidez, muito equilibrado, taninos presentes mas suaves. Final de Prova: Longo e persistente
  • Castas: Grand Noir (50%), Trincadeira (30%), Aragonez (10%), Moreto (10%)
  • Teor de Álcool: 12,5%
     

Periquita Superyor Tinto 2015

  • Região: Península de Setúbal
  • Notas de Prova: Cor vermelho com ligeiro acastanhado, Aroma a frutos vermelhos (cereja, framboesa, groselha). Madeira de carvalho suave, elegante e complexo. Paladar frutado com estrutura suave, equilibrado, boa acidez e bons taninos. Final de Prova: Longo
  • Vinificação: Fermentado em lagares de 3.000 Kg, com algum engaço a 28ºC.
  •  Envelhecimento: 10 meses em cascos novos de carvalho francês.
  • Castas: Castelão (96%), Cabernet Sauvignom (2%), Tinta Francisca (2%)
  • Modo de Servir: Servir a uma temperatura de 14º/16ºC como acompanhamento de pratos de carne e queijos.
  • Teor de Álcool: 13,8%
  • Referências/Prémios:
    Colheita 2009 - Revista W 2013 - Considerado o melhor tinto pelo crítico de vinhos Anibal Coutinho
    Colheita 2009 - Revista de Vinhos - 17,5 valores
    Colheita 2008 - Revista Wine/Advocate Magazine/Mark Squires - 90 pts
    Colheita 2008 - Revista Vinhos - Prémio de Excelência "Os melhores de 2010
    Colheita 2008 - Revista Wine - 17 valores
    Colheita 2008 - Revista Wine - 17 valores
    Colheita 2008 - Revista Fugas - 9 valores (em 10)
     

FSF Tinto 2015

  • Região: Península de Setúbal
  • Notas de Prova: Cor vermelho profundo, Aroma a framboesas, menta, mirtilos, carvalho bem integrado, violetas, chocolate. Paladar frutado, madeira bem integrada, austero, taninos presentes, boa acidez, estrutura. Final de Prova: Longo
  • Vinificação: As uvas são pisadas num lagar em inox onde são fermentadas na sua totalidade a uma temperatura de 28ºC durante 6 dias. Após estágio em meias pipas novas de carvalho francês, é efetuada um trasfega ao vinho, seguindo de imediato para o engarrafamento, sem ser filtrado ou estabilizado pelo frio.
  •  Envelhecimento: O vinho estagiou em meias pipas novas de carvalho francês por um período de 9 meses.
  • Castas: Syrah (43%), Trincadeira (27%), Tannat (30%)
  • Modo de Servir: Deve ser servido a uma temperatura de 14ºC e consumido a 16ºC, depois de decantado, acompanhado caça e queijo. O vinho pode criar depósito com a idade.
  • Teor de Álcool: 14%
  • Referências/Prémios:
    Colheita 2011 – Revista de Vinhos "Melhores do ano 2014" – 17,5 valores
    Colheita 2005 – Revista de Vinhos / Wine – 17 valores
    Colheita 2004 – Revista Vinhos – 17 valores
    Colheita 2001 – Revista Wine Spector – 94 pts
    Colheita 2008 – Revista Vinhos – 17,5 valores
     

Domingos Soares Franco - Colecção Privada - Verdelho Branco 2017

  • Região: Península de Setúbal
  • Notas de Prova: Amarelo citrino claro, Aroma a madressilva, toranja, alperce, lichies. Paladar muito frutado, muito elegante, macio, excelente acidez, bom equilíbrio. Final de prova: Médio
  • Vinificação: Mosto fermentado em inox a 16ºC
  • Castas: 100% Verdelho
  • Modo de Servir: Deve ser servido a uma temperatura de 10/11ºC
  • Teor de Álcool: 13%
  • Referências/Prémios:
    Colheita 2014 – Revista Wine – 17 valores
    Colheita 2014 – Revista Vinhos – 16 valores
    Colheita 2014 – XV Concurso de vinhos da Península de Setúbal – Medalha Ouro
    Colheita 2012 – Revista Wine – 16 valores
    Colheita 2011 – Revista Wine / Revista de Vinhos – 16 valores
    Colheita 2009 – Revista Wine – 16,5 valores
    Colheita 2008 – Revista Wine – 16,9 valores
     

Domingos Soares Franco - Colecção Privada - Roxo Rosé 2017

  • Região: Península de Setúbal
  • Notas de Prova: Salmão rosa, Aroma muito floral (rosas, jasmim, lichies, Kiwi, tangerinas), elegante, Paladar frutado, muito equilibrado fruta/acidez, elegante suave, persistente. Final de Prova: Médio/Longo
  • Vinificação: Pré-maceração peculiar, a frio, durante 48 horas. Fermentado em cubas de inox a 18ºC 
  • Castas: 100% Moscatel Roxo
    Modo de Servir: Deve ser servido a uma temperatura de 8ºC e consumir a 10ºC acompanhando refeições ligeiras, pratos orientais ou simplesmente apreciado por si só.
    Teor de Álcool: 13%
    Referências/Prémios:
    Colheita 2014 - Revista Wine - 16 valores
    Colheita 2014 - Revista Vinhos - 16 valores
    Colheita 2013 - Revista Wine Enthusiast - 86 pts
    Colheita 2012 - XIII Edição do Concurso de Vinhos da Península de Setúbal - Medalha de Ouro
    Colheita 2011 - Revista Wine / Revista de Vinhos - 16,5 valores
    Colheita 2011 - Revista Passion - 16,5 valores
    Colheita 2009 - Revista de Vinhos - Grande Prémio escolha da Imprensa
     

Domingos Soares Franco - Colecção Privada - Moscatel Roxo 2002 - Oferta

  • Região: Península de Setúbal
  • Notas de Prova: Cor Âmbar com laivos avermelhados, Aroma a rosas, tangerina, mel alguns frutos secos, caramelo. Paladar muito frutado, muito elegante e suave, boa consistência e boa acidez. Final de Prova: Muito longo
  • Vinificação: Paragem da fermentação com aguardente vínica, ficando as películas em maceração até Fevereiro/Março do ano seguinte.
  • Castas: 100% Moscatel Roxo
  • Modo de Servir: Como aperitivo a uma temperatura de 10ºC ou a 15ºC como vinho de sobremesa. Sendo um vinho não filtrado poe estar sujeito a turvação.
  • Teor de Álcool: 17,5%
  • Referências/Prémios:
    Colheita 1998 – Decanter Wine Awards 2008 –Medalha de Prata
    Colheita 1998 – VIII Ediçao do Concurso de Vinhos da Península de Setúbel 2008 – Melhor vinhos do concurso
    Colheita 1999 – X Edição do Concurso de Vinhos da Península de Setúbal 2010 – Medalha Ouro Vinhos Generosos
    Colheita 2001 – "Os melhores de 2010" da Revista de Vinhos – Prémio Melhores de Portugal em Moscatel de Setúbal
    Colheita 2004 – Revista de Vinhos – 17 valores
    Colheita 2004 – Competição Internacional "Muscats du Monde 2013" – Medalha de Prata
    Colheita 2005 – Revista Wine Advocate – 88 pts
     

Aguardente Velha Reserva 1964 - Oferta

  • Região: Vinhos Verdes
  • Notas de Prova: Cor Dourado intenso, Aroma frutos secos, madeira, Paladar avelãs, nozes, cascas de amêndoa, Final de Prova: Longo
  • Modo de Servir: Deve ser servido a uma temperatura de 16ºC
  • Teor de Álcool: 37%
Ofertas
Entrega, Cancelamento e Devolução
Fornecedor
Logótipo José Maria da Fonseca