Conjunto de Vinhos Niepoort 2021

Partilhe    

Aproveite as condições de Crédito BPI para adquirir um conjunto de vinhos da Niepoort, lançados exclusivamente em parceria com o BPI.







Conjunto de Vinhos Niepoort, é constituido por:

  • 2 Batuta Tinto 2018
  • 1 Charme 2018
  • 1 Conciso Branco 2018
  • 1 Conciso Tinto 2017
  • 1 Poeirinho 2017
  • 2 Redoma Branco 2019
  • 2 Redoma Tinto 2018
  • 1 Redoma Reserva Branco 2020
  • 1 Niepoort Crusted - Oferta





PVP : € 299,00
Condições de Financiamento

O produto só pode ser adquirido com o seu Cartão de Crédito BPI (Particular ou Empresa).

A TAEG/TAE é variável em função do Cartão de Crédito BPI utilizado para pagamento.

Cartão BPI - TAEG 13,0%, TAN 8,50%, comissão de disponibilização do cartão € 20.
Cartão BPI Gold - TAEG 15,3%, TAN 9,32%, comissão de disponibilização do cartão € 50.
Cartão Premier - TAEG 13,9%, TAN 9,75%, comissão de disponibilização do cartão € 29,97.
Cartão BPI Prémio - TAEG 13,7%, TAN 10,14%, comissão de disponibilização do cartão € 14.
Cartão ACP Master - TAEG 12,49, TAN 7,41%, comissão de disponibilização do cartão € 24.
Cartão BPI Zoom - TAEG 14,3% a 15,3%, TAN 10,5% a 11,33%, comissão de disponibilização do cartão € 0,00.

TAEG calculadas para uma utilização de crédito de € 1.500 (exceto para o Cartão BPI Gold e para o Cartão Premier, em que o exemplo é de € 2.500), para as Comissões de disponibilização acima referidas e reembolso em 12 prestações iguais de capital, acrescidas de juros às TAN acima referidas e dos impostos legais em vigor.  A taxa de juro é calculada com base em 360 dias, sem arredondamento.
Taxas válidas até 30/09/2021.

Cartão BPI Business e BPI Corporate TAE versões Classic: 19,8%, TAN 16%, Comissão de disponibilização € 30, TAE versões Gold: 21,6 %, TAN 16%, Comissão de disponibilização € 50.

TAE calculada, para um exemplo de crédito de € 1.500, TAN e Comissões de disponibilização referidas, prazo de 12 meses e reembolso único no final do prazo, nos termos do DL 220/94. A taxa de juro é calculada com base em 360 dias, sem arredondamento.

O valor do PVP será processado como uma transação de compra no extrato do seu cartão de crédito e o pagamento será realizado de acordo com a modalidade de pagamento definida.

O BPI reserva-se o direito de não processar o pedido, caso o seu cartão não se encontre em situação regular.

Campanha limitada ao stock existente.

PVP : € 299,00
Outras Características
Vinho Porto Niepoort Crusted

Este Porto Crusted é um ótimo complemento dos conhecidos e reconhecidos Vintage e Late Bottled Vintage da Niepoort. Tradicionalmente, é selecionado a partir de vinhos de qualidade Vintage, de duas ou três colheitas, que não são submetidos a qualquer colagem ou filtração. O Crusted só é colocado no mercado três anos depois do seu engarrafamento.

Tal como o nome sugere, o Crusted, com o passar do tempo, cria um depósito natural na garrafa, por isso deve ser decantado antes de ser servido. Este Porto é extremamente apelativo na sua juventude, mas também beneficia com vários anos de envelhecimento em garrafa, pelo que esta deve ser guardada deitada.

  • Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinto Cão, Tinta Francisca, Tinta Amarela, Sousão, Tinta Roriz e outras
  • Vinificação: Este Crusted engarrafado em Dezembro de 2014, provém de vinhas situadas nas redondezas da adega da Niepoort em Vale Mendiz, assim como de vinhas velhas situadas no Vale do pinhão, que foram vindimadas nos anos de 2012 e 2013.
    As uvas, com 100% de engaço, foram pisadas nos lagares redondos de Vale de Mendiz e o vinho envelheceu posteriormente em balseiros nas nossas caves em Vila Nova de Gaia. A produção foi de 7500 litros , engarrafados em Dezembro de 2014.
  • Notas de Prova: Com um rebordo vermelho escuro brilhante e profundo, o vinho exibe aromas de cerejas e ameixas pretas, juntamente com um fino aroma de menta e alcaçuz. Na boca, os taninos bem integrados dominam, com frutos maravilhosamente amadurecidos e um longo final. Um vinho vibrante que começa a revelar algum envelhecimento em garrafa. Certamente já estará muito bom para ser consumido, no entanto, ainda apresenta potencial de envelhecimento durante várias décadas.
  • Teor de Álcool: 19,8%

Charme Tinto 2018

O Charme é um vinho raro do Douro. A sua elegância e complexidade, os seus taninos envolventes e macios, são uma forma única de expressar as vinhas velhas, mais frescas e abrigadas de Vale de Mendiz, em pleno vale do Pinhão.

Dirk Niepoort tem no Charme a sua derradeira interpretação e denunciada paixão pela região de Borgonha.

Um vinho de assinatura, um vinho ímpar. O Charme é o único vinho tranquilo produzido na adega de Vale de Mendiz, nos lagares redondos de granito.

  • Região: Douro
  • Castas: Tinta Roriz, Touriga Franca e outras
  • Vinificação: A colheita de 2018 será recordada pela mais baixa produtividade da vinha de que há registo e pelas condições climatéricas atípicas. O inverno foi frio e seco, ao passo que a primavera e o princípio do verão foram muito húmidos e relativamente frios, o que resultou num atraso do ciclo vegetativo, assim como em problemas com míldio nesta região. A acrescer a estes desafios, ocorreu uma forte tempestade de granizo no final de maio e uma onda de calor nos últimos dias de julho.
    O mês de agosto foi quente, com tempo quente e seco durante todo o período das vindimas, que tiveram início em Vale de Mendiz a 6 de setembro. Foram produzidos alguns pequenos lotes de vinho para o Charme nas fases iniciais da colheita, utilizando unicamente cachos inteiros com pisa a pé em lagares de pedra tradicionais. Após um breve período de maceração, as fermentações alcoólicas e maloláticas terminaram em barricas de carvalho francês, nas quais o vinho estagiou durante 15 meses, antes do seu engarrafamento.
  • Notas de Prova: O Charme 2018 exibe um brilhante aspeto rubi claro, com aromas muito delicados de cereja e framboesa, juntamente com elegantes notas terrosas do solo florestal e sugestões de folhas de chá. Na boca é refinado e intenso, com uma frescura magnífica e uma estrutura extremamente elegante com taninos aveludados. Com apenas 10% de carvalho novo no lote final, a estrutura subtil conferida pela madeira integra-se na perfeição com a frescura promovida pela fruta e pela acidez.
  • Teor de Álcool: 12,9%

Redoma Tinto 2018

O Redoma foi o primeiro vinho tinto da Niepoort, apresentado pela primeira vez em 1991. É como o Douro, «com grande carácter e personalidade». O Redoma Tinto é produzido a partir de diversas vinhas, na região do Cima Corgo, com mais de 60 anos, maioritariamente viradas a Norte, onde as diferentes castas estão plantadas na mesma vinha, tal como era comum na região e onde predominam a Tinta Amarela, Touriga Franca, Touriga Nacional, Tinta Roriz, e Tinto Cão.

  • Região: Douro
  • Castas: Tinta Amarela, Touriga Franca, Touriga Nacional, Tinta Roriz, e Tinto Cão
  • Vinificação: O ano de 2018 foi um ano fresco até Agosto, com o Julho mais fresco da história do sec. XXI. A maturação da videira apresentava um atraso de cerca de 3 semanas face ao ano de 2017. Nos primeiros dias de Agosto verificou-se uma forte subida de temperatura, sendo o 4 de Agosto o dia mais quente do século XXI (até à data), tendo a maturação das uvas prosseguido lentamente durante o mês de Setembro. Devido ao stress hídrico imposto, as plantas originaram mostos com pouca graduação alcoólica e boa maturação fenólica, com bastante complexidade e leveza.
    As uvas, com 100% de engaço, foram depositadas em lagar de inox com pisadores automáticos, num processo com curta maceração.
    Concluída esta fase , o vinho iniciou a sua fermentação maloláctica em toneis de madeira antiga, permanecendo em estágio durante cerca de 22 meses.
  • Notas de Prova: De cor granada com um coração denso, o Redoma 2018 tem um perfil austero ,como aliás sempre nos habituou. No aroma evidenciam algumas notas herbáceas características da casta Tinta Amarela, muito presente no lote de vinhas velhas, aliadas a uma fruta vermelha fresca e apontamentos de pimenta rosa bastante expressiva. Na boca é jovem, leve, com a acidez muito presente que em conjunto com o carácter do engaço tornam o Redoma 2018 um vinho bastante firme e com boa estrutura. Termina num final de boca longo e especiado, demonstrando um equilíbrio e uma precisão somente conseguida pelo seu estágio em Tonel.
  • Teor de Álcool: 12,5%

Conciso Tinto 2017

O Conciso é a nossa interpretação de um Dão fino e elegante, um vinho que mostra todo o potencial e carácter de uma vinha muito velha. Esta vinha centenária, plantada em solo de granito e virada a Este, na encosta da Serra da Estrela, tem castas misturadas onde a Baga e o Jaen são predominantes.

  • Região: Dão
  • Castas: Baga e Jaen
  • Vinificação: O ano vitícola de 2017 ficou marcado por um Inverno seco, com níveis de precipitação muito inferiores à média dos últimos 30 anos. Seguiu-se uma Primavera quente e seca, com ondas de calor que se prolongaram até ao início do Verão. Com a subida das temperaturas médias e a ausência de precipitação, a videira evidenciou um avanço na fenologia de cerca de 15 dias, desde o abrolhamento até ao Pintor.
    Esta situação manteve-se durante o Verão o que originou um início precoce de vindima, sendo particularmente intensa e de curta duração.
    A vinificação ocorreu em lagar, mantendo-se uma maceração prolongada, praticamente sem extração e com utilização de 20% de engaço. Obtivemos um vinho elegante o qual, terminado o seu processo de fermentação alcoólica, permaneceu cerca de 20 meses em estágio em barricas e toneis velhos de 2.500 litros, na Quinta da Lomba. Foi posteriormente engarrafado sem qualquer filtração.
  • Notas de Prova: O vinho Conciso tinto 2017 apresenta uma cor rubi mais intensa que o habitual. O aroma é fresco mas sobressai uma nota de fruta mais madura. Na boca é concentrado mantendo a fruta fresca e taninos leves, com uma boa acidez, onde o equilíbrio e harmonia são evidentes. Final de boca longo, profundo e que dá prazer beber!.
  • Teor de Álcool: 12,6%

Redoma Branco 2019

As uvas do Redoma Branco são provenientes de vinhas velhas da margem direita do rio Douro, localizadas a uma altitude que varia entre os 500 e 600 metros. Nestas vinhas predominam maioritariamente as castas Rabigato, Códega do Larinho, Viosinho, Donzelinho e Gouveio. Os seus solos de micaxisto dão origem a vinhos com muita mineralidade, delicados e com grande frescura.

  • Região: Douro
  • Castas: Rabigato, Códega, Viosinho, Donzelinho, Dorinto e outras
  • Vinificação: O ano vitícola de 2019 caracterizou-se por um clima seco. A Primavera começou com temperaturas elevadas, que foram diminuindo e se mantiveram baixas durante todo o Verão. Houve alguma precipitação, que ocorreu na altura certa do desenvolvimento da planta e a floração decorreu em excelentes condições climatéricas, originado uma produção média a alta, com uvas bastante sãs. Os dias amenos e as noites frescas do mês de Agosto, originaram maturações lentas e equilibradas.
    A Vindima começou no dia 8 de Agosto. O pico de vindima ocorreu na semana de 8 a 15 de Setembro, terminando no dia 1 de Outubro. Consideramos o ano de 2019 como excecional para o vinho de DO Douro, com um equilíbrio perfeito entre a acidez natural e teor de açúcar no mosto. O resultado são vinhos brancos com muita pureza.
    As uvas para o Redoma provêm de vinhas velhas da margem direita do rio Douro, com altitude entre os 400 e 600 metros. Nestas vinhas predominam solos de Micaxisto, que aliados à complexidade da mistura de castas típicas do Douro, originam vinhos delicados com frescura e mineralidade. Após seleção criteriosa na mesa de escolha, seguiu-se uma prensagem delicada e decantação a frio durante 24 horas. A fermentação alcoólica ocorreu espontaneamente em barricas de carvalho Francês de 228 e 500 litros, onde repousou durante cerca de 6 meses.
  • Notas de Prova: O Redoma Branco 2019 apresenta um carácter muito fresco e austero. No nariz é complexo, com ligeiras notas cítricas e florais aliadas à mineralidade típica de um solo de micaxisto. Na boca é sedoso, com uma fantástica acidez o que torna o vinho bastante firme. Leve, mostrando desde já o seu equilíbrio e o seu potencial de envelhecimento, o Redoma Branco 2019 mostra-se com um final de boca linear, bastante seco e envolvente.
  • Teor de Álcool: 12,2%

Redoma Reserva Branco 2020

O Redoma Reserva é feito com uvas de vinhas velhas, plantadas a 600 metros de altitude em solos de micaxisto. Desde a sua criação (1995), o principal objetivo na produção deste vinho, tem sido expressar o carácter das vinhas velhas do Douro. No final do estágio, são escolhidas as melhores barricas, tendo em conta a sua mineralidade, complexidade e potencial de envelhecimento.

  • Região: Douro
  • Castas: Rabigato, Códega, Viosinho, Arinto e outras 
  • VINIFICAÇÃO
    O ano vitícola de 2020 caracterizou-se pela sua heterogeneidade. Um Inverno chuvoso, seguido de uma Primavera bastante moderada, fez com que a videira se desenvolvesse bem, terminando com um junho bastante fresco o que atrasou esse desenvolvimento vegetativo. O mês de Julho foi austero, bastante quente, o mais quente desde 1931, com três períodos de ondas de calor, causando perdas nas vinhas.
    A vindima começou nas primeiras semanas de Agosto nas zonas mais quentes e terminou nas cotas mais altas no final de Setembro.

O ano 2020 é considerado excelente para os brancos provenientes dessas cotas mais altas. Produções médias nas vinhas, deram origem a vinhos extremamente finos com a concentração perfeita.
O Redoma Reserva estagiou durante 9 meses em barrica.

  • NOTAS DE PROVA
    O Redoma Reserva Branco 2020 revela o fantástico terroir de vinhas velhas em altitude e solos maioritariamente de granito.
    No nariz é delicado e fresco, com notas florais, de frutos do pomar e citrinos muito bem integradas com a tosta da barrica. Na boca a complexidade traduz-se em notas de especiarias, frutos tropicais e citrinos. É um branco com estrutura mas delicado, com volume mas elegante, marcado por uma acidez excecional e um fim de boca longo e persistente. 
  • TEOR ALCOOL: 12,4% 
  • SUGESTÃO DE ACOMPANHAMENTO: Peixe assado, arroz de marisco, carnes brancas. Sugestões vegetarianas: massas com queijos. 


Fundada em 1842, a Niepoort é uma empresa familiar que iniciou o seu percurso vitivinícola na região demarcada do Douro, com a produção de vinhos do Porto, que atingem elevado reconhecimento e valores de mercado.
Hoje, a família já segue a sexta geração, mas foi Dirk Niepoort, da quinta geração, que decidiu levar a Niepoort mais longe a partir dos anos 90. Atualmente, a reconhecida marca Niepoort não só é vincada pela relevante presença no Douro, mas também no Dão, na Bairrada, na região dos Vinhos Verdes e, recentemente, também no Alentejo, em Portalegre.

Reconhecida pela excelência dos seus produtos, a Niepoort revê-se nos valores tradição, qualidade e criatividade, produzindo e comercializando vinhos sob mais de 100 rótulos.
A qualidade dos seus produtos, é fruto de um estudo criativo, mas metódico, suportado por décadas de conhecimento empírico, acumulado ao longo do percurso dos seus intervenientes.


Poeirinho 2017

O Poeirinho é um vinho produzido apenas com uvas das nossas vinhas da Quinta de Baixo, onde praticámos viticultura biológica, com certificação SATIVA. Poeirinho, cujo nome é a antiga designação da casta Baga, é um tributo aos grandes vinhos bairradinos do passado, que eram leves na cor e no grau alcoólico, mas que tinham um enorme potencial de envelhecimento. A grande paixão de Dirk Niepoort por esta casta e pelo fantástico terroir da Bairrada, fez com que ao longo dos últimos anos, procurasse pequenas parcelas de Baga, de vinhas muito velhas, espalhadas pela zona de Cantanhede.

  • Região: Bairrada
  • Castas: Baga
  • Vinificação: O Inverno 2016/2017, na Bairrada, foi muito seco. Na Primavera houve alguma precipitação, em finais de Abril princípio de Maio, mas o Verão voltou a ser muito seco. O valor baixo de humidade permitiu que a incidência de doenças fosse praticamente nula e que não houvesse necessidade de tratamentos na vinha. Devido à seca extrema, o amadurecimento da uva foi muito precoce e com o calor intenso que se fez sentir, a vindima acabou por se antecipar cerca de 3 semanas relativamente ao ano anterior, iniciando-se a 17 de Agosto e terminando a 19 de Setembro.
    Foi um bom ano, os vinhos com um grau alcoólico mais elevado do que no ano anterior, mas com uma acidez muito equilibrada.
    O Poeirinho 2017 provém de várias parcelas de vinhas muito velhas. Foi vinificado em lagar aberto e cuba fechada onde fez maceração carbónica e onde fermentou durante 4 semanas terminando a fermentação em tonel. A fermentação malolática decorreu nos tonéis usados , onde estagiou durante 20 meses. Foi engarrafado sem filtração.
  • Notas de Prova: O Poeirinho 2017 mostra uma cor violeta viva de ligeira concentração. O aroma é muito fino e complexo, com o terroir a sobressair de uma forma notável. Respira-se calcário em plena harmonia com notas de especiarias, cereja, frutos silvestres e menta. Na boca, impressiona pela precisão, com uma enorme estrutura e muita garra. É incisivo, profundamente mineral e refrescante. A acidez elevada e os taninos presentes mas polidos fazem-nos crer que irá crescer muito em garrafa. Final muito longo, vertical e fresco. Com apenas 12,5% deve-se apreciar ligeiramente fresco (15ºC) e em copos tipo Pinot Noir.
  • Teor de Álcool: 12,7%

Batuta Tinto 2018

O Batuta é um vinho fruto de duas vinhas velhas com diferentes altitudes e exposições. Após uma escolha criteriosa na vinha segue-se outra seleção na mesa de escolha da nossa adega seguida de uma vinificação bastante delicada com macerações levadas ao limite, onde todos os detalhes são tidos em conta para que se obtenha um vinho complexo, preciso e elegante.

  • Região: Douro
  • Castas: Touriga Franca, Tinta Roriz, Rufete, Malvazia Preta e outras
  • Vinificação: O ano de 2018 foi um ano fresco até Agosto, com o Julho mais fresco da história do sec. XXI. A maturação da videira apresentava um atraso de cerca de 3 semanas face ao ano de 2017. Nos primeiros dias de Agosto verificou-se uma forte subida de temperatura, sendo o 4 de Agosto o dia mais quente do século XXI (até à data), tendo a maturação das uvas prosseguido lentamente durante o mês de Setembro. Devido ao stress hídrico imposto, as plantas originaram mostos com pouca graduação alcoólica e boa maturação fenólica, com bastante complexidade e leveza.
  • Depois de uma seleção criteriosa, quer na vinha quer na adega, a fermentação decorreu em cubas de inox, com maceração pelicular durante cerca de 80 dias. Após a longa maceração o vinho estagiou durante cerca de 20 meses em barricas de carvalho francês, das quais 50% de madeira nova.
  • Notas de Prova: O Batuta 2018 mostra-se no copo com uma cor rubi brilhante, de intensidade média, característica dos vinhos do ano de 2018. No nariz é discreto, jovem, com notas de groselha e amora preta aliadas a uma componente mineral e a uma leve madeira. Na boca é bastante elegante, com um meio de boca vibrante a evidenciar as notas de madeira bem integradas na fruta vermelha ácida, caminhando para um final de boca longo, leve e preciso. Muito jovem, com um perfil redutivo, o Batuta 2018 tem um grande potencial de envelhecimento. Decantação aconselhada com uma hora de antecedência.
  • Teor de Álcool: 12,6%

Conciso Branco 2018

É a quinta edição do Conciso Branco, onde mais uma vez se procurou criar um vinho fresco e elegante, que mostre todo o potencial das vinhas velhas e do Terroir de granito do Dão. As uvas são provenientes da Quinta da Lomba, onde existem parcelas quase centenárias com predominância das castas Bical, Encruzado e Malvasia, entre outras castas autóctones da região.

  • Região: Dão
  • Castas: Bical, Encruzado e Malvasia
  • Vinificação: 2018 revelou-se um desafio ao nível das condições climatéricas na primeira fase do ano, com inevitável repercussão na quantidade de fruto disponível para colheita.
    Ainda assim, depois de um início chuvoso surgiu um verão quente e bastante seco o que deu origem a um melhor amadurecimento da uva e, em consequência, a um produto final que se espera com muito melhor qualidade.
    Após a utilização preventiva de alguns tratamentos, iniciámos a vindima dos brancos em 3 de Setembro, tendo concluído todo o processo com os tintos no dia 10 de Outubro.
    Apesar da redução das quantidades, como referido, a melhoria da qualidade é notória, com os vinhos a apresentar níveis de acidez equilibrada e grau alcoólico um pouco mais elevado.Produzido na Quinta da Lomba, fermentou em cubas de granito e após a fermentação estagiou durante 20 meses em barricas usadas de 228L, sem bâtonnage, onde efetuou a fermentação maloláctica.
  • Notas de Prova: O Conciso Branco 2018 mostra uma bonita cor citrina. O aroma, fino e envolvente é harmonioso nas notas de fruta branca, ervas aromáticas e perfil mineral. As notas de barrica são discretas e muito harmoniosas. Complexo, é um branco que se vai descobrindo no copo, sempre com mineralidade e frescura. Na boca apresenta um bom volume, ligeiramente untuoso, suportado por uma mineralidade, fruta fresca e acidez que lhe conferem um excelente equilíbrio. Final de boca muito longo e fresco.
  • Teor de Álcool: 12,5%

Ofertas

Oferta de voucher para Visita Privada e Prova de Vinhos às Caves de Serpa Pinto. Oferta válida para 2 pessoas até 31 de dezembro de 2021.
Efetuar o pedido de reserva através do email: serpa.pinto@niepoort.pt

Voucher

Entrega, Cancelamento e Devoluções

O conjunto de vinhos da Niepoort será entregue na morada que indicar, desde que situada em Portugal Continental e Ilhas, no prazo de 3 semanas (4 semanas nas Ilhas), a contar da data do débito no seu cartão de crédito, exceto no caso de rutura de stock.

Poderá desistir da compra até 14 dias após a data de entrega do produto encomendado. Neste caso, a devolução do mesmo poderá ser efetuada de forma gratuita devendo para tal devolver o produto com a fatura e embalagens originais, tudo completo e em perfeitas condições, num Balcão ou Centro de Investimento BPI. Pode ainda devolver diretamente ao Fornecedor, para a morada aqui indicada. Nesta situação o BPI assegura a devolução do valor por crédito na conta à ordem ou na conta-cartão, conforme o meio de pagamento utilizado.

Fornecedor

Vinhos Niepoort, SA
Rua Cândido dos Reis, 670
4400-071 Vila Nova Gaia
Tel: 223 777 787

Produtos Relacionados: