Saltar para o conteúdo
Content ID: PR_WCS01_UCM01170524

Conjunto de Vinhos Quinta da Pacheca 2021

Conjunto de Vinhos Quinta da Pacheca 2021

Conjunto de Vinhos Quinta da Pacheca 2021

Aproveite as condições de Crédito BPI para adquirir um conjunto de vinhos da Quinta da Pacheca, lançados exclusivamente em parceria com o BPI.

Zoom

Conjunto de Vinhos Quinta da Pacheca

Zoom

Pacheca Reserva Tinto 2017

Zoom

Pacheca Grande Reserva Touriga Francesa Tinto 2018

Zoom

Pacheca Lagar nº1 Tinto 2017

Zoom

Pacheca Vale Abraão Tinto 2017

Zoom

Pacheca Porto Vintage 2018

Conjunto de Vinhos Quinta da Pacheca, é constituido por:

Pacheca Reserva Tinto 2017 1 75Cl
Pacheca Grande Reserva Touriga Francesa Tinto 2018 1 75Cl
Pacheca Lagar nº1 Tinto 2017 2 75Cl
Pacheca Vale Abraão Tinto 2017 1 75Cl
Pacheca Porto Vintage 2018 1 75Cl

Condições de Financiamento

O produto só pode ser adquirido com o seu Cartão de Crédito BPI (Particular ou Empresa).

A TAEG/TAE é variável em função do Cartão de Crédito BPI utilizado para pagamento.

Cartão BPI - TAEG 13,0%, TAN 8,50%, comissão de disponibilização do cartão € 20.
Cartão BPI Gold - TAEG 15,3%, TAN 9,32%, comissão de disponibilização do cartão € 50.
Cartão Premier - TAEG 13,9%, TAN 9,75%, comissão de disponibilização do cartão € 29,97.
Cartão BPI Prémio - TAEG 13,7%, TAN 10,14%, comissão de disponibilização do cartão € 14.
Cartão ACP Master - TAEG 12,49, TAN 7,41%, comissão de disponibilização do cartão € 24.
Cartão BPI Zoom - TAEG 14,3% a 15,3%, TAN 10,5% a 11,33%, comissão de disponibilização do cartão € 0,00.

TAEG calculadas para uma utilização de crédito de € 1.500 (exceto para o Cartão BPI Gold e para o Cartão Premier, em que o exemplo é de € 2.500), para as Comissões de disponibilização acima referidas e reembolso em 12 prestações iguais de capital, acrescidas de juros às TAN acima referidas e dos impostos legais em vigor.  A taxa de juro é calculada com base em 360 dias, sem arredondamento.
Taxas válidas até 31/03/2021.

Cartão BPI Business e BPI Corporate TAE versões Classic: 19,8%, TAN 16%, Comissão de disponibilização € 30, TAE versões Gold: 21,6 %, TAN 16%, Comissão de disponibilização € 50.

TAE calculada, para um exemplo de crédito de € 1.500, TAN e Comissões de disponibilização referidas, prazo de 12 meses e reembolso único no final do prazo, nos termos do DL 220/94. A taxa de juro é calculada com base em 360 dias, sem arredondamento.

O valor do PVP será processado como uma transação de compra no extrato do seu cartão de crédito e o pagamento será realizado de acordo com a modalidade de pagamento definida.

O BPI reserva-se o direito de não processar o pedido, caso o seu cartão não se encontre em situação regular.

Campanha limitada ao stock existente.

PVP: € 195,00

Outras Características

Entre os vales do Rio Douro, junto à margem esquerda, na freguesia de Cambres, concelho de Lamego, no coração da primeira demarcação Pombalina da Região, encontra-se a Quinta da Pacheca, uma das mais prestigiadas e reconhecidas propriedades da Região Demarcada do Douro.

A história da vinha nesta propriedade remonta ao século XVI, altura em que era um conjunto de vinhas pertencente aos Conventos de Salzedas e S. João de Tarouca, como referido em documento datado de 1551. A Quinta é mencionada pela primeira vez num documento datado de Abril de 1738, onde é referida como "Pacheca", uma forma feminina do apelido Pacheco, por ser sua proprietária uma senhora, D. Mariana Pacheco Pereira, uma mulher imponente que cuidava da propriedade sozinha.

Foi em 1903 que D. José Freire de Serpa Pimentel comprou a propriedade e deu início a trabalhos de modernização da vinha e edificações, entre os quais os oito lagares de granito onde ainda hoje são vinificados os tintos da Pacheca, fruto de produções anuais limitadas de Vinhos do Douro D.O.C. e Vinhos do Porto somente de categorias especiais.

Com cerca de 75 hectares de vinhas próprias plantadas em pleno Património Mundial da Humanidade, classificação atribuída pela UNESCO em 2001, a Quinta da Pacheca esteve sempre focada na produção de vinhos Douro DOC e Porto de qualidade e foi uma das primeiras na região a engarrafar vinhos DOC sob marca própria.

Um novo ciclo começou em 2012, quando as dinâmicas famílias de Paulo Pereira e Maria do Céu Gonçalves, sócios com um longo e bem-sucedido registo na distribuição internacional de alimentos e vinhos, tomaram posse do projeto. O foco era claro, reforçar a qualidade dos vinhos e revigorar o Enoturismo.

Pacheca Reserva Tinto 2017

  • Classificação: Douro DOC
  • Notas de Prova: Pacheca Reserva Tinto apresenta um nariz onde a fruta sobressai, notas de ameixas e groselhas com um toque de café e chocolate preto. A madeira está perfeitamente integrada. Na boca é um vinho rico, poderoso, com taninos redondos e aveludados seguidos de grande frescura e persistência. Um vinho pronto a beber mas com grande potencial de envelhecimento.
  • Castas: Touriga Franca, Tinta Roriz e Touriga Nacional
  • Estágio: 12 meses em barricas de segundo e terceiro ano de carvalho Francês.
  • Teor de Álcool: 14,5%
  • Referências/Prémios:
  • Jancis Robinson – 16,5 valores
  • IWC – 90 (silver medal)

Pacheca Grande Reserva Touriga Francesa Tinto 2018

  • Classificação: Douro DOC
  • Notas de Prova: Aroma intenso e complexo a fruta preta como amoras silvestres e mirtilos, bem casado com notas especiadas da madeira que lhe dão um carácter extremamente elegante. Na boca apresenta-se denso, intenso, com acidez importante que lhe confere frescura, o que antevê futuro longo.
  • Castas: Touriga Francesa
  • Estágio: 18 meses de barrica novas e de segundo ano 
  • Teor de Álcool: 14%

Pacheca Lagar nº1 Tinto 2017

  • Classificação: Douro
  • Notas de Prova: Pacheca Lagar Nº1 é um vinho de cor rubi profunda. No aroma apresenta-se muito frutado, com notas evidentes de fruta preta madura, como amoras e ameixas, acompanhadas com notas de chocolate proveniente da barrica. Na boca é muito complexo, com uma acidez que lhe imprime frescura, taninos marcados mas polidos e final longo e persistente.
  • Castas: Touriga Franca e Touriga Nacional
  • Estágio: 18 meses em barricas de 2º e 3º ano de carvalho Francês
  • Teor de Álcool: 14%
  • Referências/Prémios:
  • Revista Grandes Escolhas – 17,5 valores
  • Robert Parker – 91 pontos
  • Wine Enthusiast – 93 pontos

Pacheca Vale Abraão Tinto 2017

  • Classificação: Douro
  • Notas de Prova: Pacheca Vale de Abraão é um vinho de cor violeta profunda. No aroma apresenta-se muito elegante, com notas florais de violeta evidentes e de flor de laranjeira. Do aroma sobressai também um toque especiado conferido pela madeira. Na boca é complexo, com taninos presentes mas bem polidos, notas de chocolate e frescura implícita. Final longo e muito persistente.
  • Castas: Touriga Franca e Touriga Nacional
  • Estágio: 18 meses em barricas de 2º e 3º ano de carvalho Francês
  • Teor de Álcool: 14%
  • Referências/Prémios:
  • Robert Parker – 93 pontos

Pacheca Porto Vintage 2018

  • Classificação: Douro
  • Notas de Prova: Retinto, opaco no centro com bordo vermelho escuro. O nariz é cheio e muito elegante, fruta preta complexa, notas frescas de mentol, eucalipto e violeta. Na boca sente-se uma explosão de fruta silvestre, com taninos firmes, mas elegantes, fresco e uma intensidade que promete uma vida longa.
  • Castas: Uvas provenientes de vinhas mais velhas da Quinta da Pacheca, com uma idade média de 60 anos, onde predominam as castas tradicionais do Douro.
  • Sugestões de Serviço: O vinho deve ser servido ligeiramente refrescado (16-18º C) e a acompanhar queijos ou sobremesas de chocolate negro e frutos vermelhos.
  • Teor de Álcool: 20%
  • Referências/Prémios:
  • Revista Grandes Escolhas – 17,5 valores
  • Robert Parker – 91 pontos
Ofertas
Entrega, Cancelamento e Devolução
Fornecedor
Quinta da Pacheca