José Maria da Fonseca 2021
Partilhe    

Aproveite as condições de Crédito BPI para adquirir um pack de vinhos da José Maria da Fonseca, lançados exclusivamente em parceria com o BPI, e constituído por 6 garrafas de vinhos tinto, branco, e moscatel.

  • José de Sousa Mayor Alentejo Tinto 2017 2 75 CL
  • José de Sousa Reserva Alentejo Tinto 2017 2 75 CL
  • DSF Colecção Privada Verdelho Branco 2020 1 75 CL
  • DSF Colecção Privada Moscatel de Setúbal Armagnac 2008 1 75 CL 






PVP : € 98,00
Condições de Financiamento

O produto só pode ser adquirido com o seu Cartão de Crédito BPI (Particular ou Empresa). A TAEG/TAE é variável em função do Cartão de Crédito BPI utilizado para pagamento.

Cartão BPI - TAEG 13,0%, TAN 8,50%, comissão de disponibilização do cartão € 20. Cartão BPI Gold – TAEG 15,3%, TAN 9,32%, comissão de disponibilização do cartão € 50. Cartão Premier - TAEG 13,9%, TAN 9,75%, comissão de disponibilização do cartão € 29,97. Cartão BPI Prémio - TAEG 13,7%, TAN 10,14%, comissão de disponibilização do cartão € 14. Cartão ACP Master - TAEG 12,49, TAN 7,41%, comissão de disponibilização do cartão € 24. Cartão BPI Zoom - TAEG 14,3% a 15,3%, TAN 10,5% a 11,33%, comissão de disponibilização do cartão € 0,00. TAEG calculadas para uma utilização de crédito de € 1.500 (exceto para o Cartão BPI Gold e para o Cartão Premier, em que o exemplo é de € 2.500), para as Comissões de disponibilização acima referidas e reembolso em 12 prestações iguais de capital, acrescidas de juros às TAN acima referidas e dos impostos legais em vigor. A taxa de juro é calculada com base em 360 dias, sem arredondamento. Taxas válidas até 30/06/2021. Cartão BPI Business e BPI Corporate TAE versões Classic: 19,8%, TAN 16%, Comissão de disponibilização € 30, TAE versões Gold: 21,6 %, TAN 16%, Comissão de disponibilização € 50.TAE calculada, para um exemplo de crédito de € 1.500, TAN e Comissões de disponibilização referidas, prazo de 12 meses e reembolso único no final do prazo, nos termos do DL 220/94. A taxa de juro é calculada com base em 360 dias, sem arredondamento.

O valor do PVP será processado como uma transação de compra no extrato do seu cartão de crédito e o pagamento será realizado de acordo com a modalidade de pagamento
definida.

O BPI reserva-se o direito de não processar o pedido, caso o seu cartão não se encontre em situação regular.

Campanha limitada ao stock existente.

PVP : € 98,00
Outras Características

DSF Colecção Privada Verdelho Branco 2020

Representante mais novo da sexta geração da família que desde a fundação preside aos destinos da José Maria da Fonseca, Domingos Soares Franco é, para além de vice-presidente o enólogo desta casa, e por isso, e com 40 vindimas somadas na carreira, referência incontornável do panorama vitivinícola da região e do país. Embora assine todos os vinhos da José Maria da Fonseca, existem uns quere serva para si como especiais. Chamou-lhes Domingos Soares Franco – Colecção Privada.

Prémios recebidos este ano pelo enólogo Domingos Soares Franco:
- Enólogo de Vinhos Generosos do Ano 2020 - Revista Vinho Grandes Escolhas
- Personalidade do Ano 2020 - Revista de Vinhos

 

CASTAS: Verdelho (Português) 100%

TIPO DE SOLO: Argilo / Calcário

VINIFICAÇÃO: Mosto fermentado em Inox a 16ºC

ENVELHECIMENTO: Sem envelhecimento

NOTAS DE PROVA: Cor amarelo citrino; Aromas subtis a madressilva, muito caraterístico desta casta; Paladar com aroma de boca em sintonia com aroma de nariz, madressilva e lantana. Frescura presente e persistente; Final de Prova: Fresco, consistente com o aroma de nariz, sabor a lantana e pimenta branca

LONGEVIDADE PREVISTA: Consumir enquanto jovem

MODO DE SERVIR: Deve ser bebido a uma temperatura de 8ºC

ÁLCOOL: 12,8%

ENÓLOGO: Domingos Soares Franco

Prémios/Referências
Colheita 2019: 16,5 pontos (Vinho Grandes Escolhas) / Prémio Escolha do Mercado (Concurso Brancos de Portugal)

 


DSF Colecção Privada Moscatel de Setúbal Armagnac 2008

Representante mais novo da sexta geração da família que desde a fundação preside aos destinos da José Maria da Fonseca, Domingos Soares Franco é, para além de vice-presidente o enólogo desta casa, e por isso referência incontornável no panorama vitivinícola da região e do país. Embora assine todos os vinhos da José Maria da Fonseca, existem uns quere serva para si como especiais. Chamou-lhes Domingos Soares Franco – Colecção Privada.


CASTAS: Moscatel Setúbal 100%

TIPO DE SOLO: Argilo / Calcário

VINIFICAÇÃO: Fermentação é parada com adição de aguardente, neste caso proveniente da região francesa de Armagnac. O vinho em uma maceração pelicular de 3 meses.

ENVELHECIMENTO: Em cascos de madeira usada. Sem estágio de garrafa pois não evolui após o engarrafamento.

NOTAS DE PROVA: Cor mel; Aroma de banana, pera muito madura e nougat; Paladar a banana madura, frutos secos, pinhão e amêndoa envolvidos em açucar caramelizado; Final de Prova muito longo.

LONGEVIDADE PREVISTA: Largos anos

MODO DE SERVIR: Como aperitivo a 10ºC, ou vinho de sobremesa a uma temperatura de 16ºC

ÁLCOOL: 17,5%

ENÓLOGO: Domingos Soares Franco

Prémios/Referências
Colheita 2008: Wine Enthusiast – 93pts
Colheita 2002 :Robert Parker, The Wine Advocate - 91pts; Revista de Vinhos – 17,5 pts; Revista Wine – 17pts
Colheita 2001: Wine Enthusiast ,Roger Voss – 92pts


Fundada em 1834, a José Maria da Fonseca é um dos mais antigos produtores de vinhos de mesa e moscatéis em Portugal. Com mais de 650 hectares de vinhas, repartidos entre a Península de Setúbal, Alentejo e o Douro, e um moderno centro de vinificação com uma capacidade de 6,5 milhões de litros, a José Maria da Fonseca garante uma qualidade sustentável no estilo dos seus vinhos, que lhe permite fazer sempre mais e melhor.


José de Sousa Mayor Alentejo Tinto 2017

A Adega José de Sousa Rosado Fernandes existe desde 1878 e foi adquirida pela José Maria da Fonseca em 1986, de forma a ser concretizado o antigo sonho de produzir vinho no Alentejo, numa propriedade carregada de prestígio e história. José de Sousa Mayor é produzido a partir das castas Grand Noir, Trincadeira e Aragonês.


CASTAS: Grand Noir (60%), Trincadeira (20%), Aragonês (20%)

TIPO DE SOLO: Granítico

VINIFICAÇÃO: As uvas tintas previamente pisadas a pé, são desengaçadas à mão numa mesa chamada “mesa de ripanço”. Depois, parte do mosto das películas e 30% do engaço são fermentados nas talhas de barro. O restante é fermentado em lagares.

ENVELHECIMENTO: Cascos de madeira nova de carvalho francês por um período de 9 meses. Foi engarrafado sem ser filtrado.

NOTAS DE PROVA: Cor Rubi; Aroma a cacau amargo, tâmaras e figos secos; Paladar a chocolate preto, taninos austeros, intensos, característica que está intimamente ligada à fermentação em mânforas de barro.

LONGEVIDADE PREVISTA: Mais de 10 anos após o engarrafamento

MODO DE SERVIR: Deve ser servido a uma temperatura de 14/16ºC, depois de decantado, acompanhando caça e queijo. O vinho pode criar depósito com a idade.


ÁLCOOL: 14%

ENÓLOGO: Domingos Soares Franco

Prémios/Referências
Colheita 2016: 91pts (Robert Parker–The Wine Advocate)
Colheita 2015: 94pts (Wine Enthusiast Magazine)
Colheita 2014: “Melhor da Região” (Revista de Vinhos)
Colheita 2012 :“Melhor Vinho Tinto do Ano” (Vinhos de Portugal 2016)

 


José de Sousa Reserva Alentejo Tinto 2017

A Adega José de Sousa caracteriza-se pela combinação entre inovação e tradição, sendo uma das mais prestigiadas e emblemáticas adegas no nosso Alentejo. Nela, mantêm-se vivas, algumas técnicas ancestrais de vinificação, iniciadas pelos romanos há mais de 2000 anos, assim como se utilizam as mais recentes tecnologias, indispensáveis na vinificação de vinhos excecionais.
Fruto desta aliança, nasce José de Sousa Reserva, produzido a partir das castas Grand Noir, Aragonez e Syrah. Na conceção deste vinho, uma parte das uvas é fermentada em ânforas de barro, outra em lagares, e outra em cubas de inox. Posteriormente, José de Sousa Reserva estagia durante oito meses em barricas novas de carvalho francês e americano.

 

CASTAS: Grand Noir (48%) Aragonez (32%) Syrah (20%)

TIPO DE SOLO: Granítico

VINIFICAÇÃO: Curtimenta a 28º C

ENVELHECIMENTO: 8 meses em carvalho novo francês e americano

NOTAS DE PROVA: Cor Rubi; Aroma perfil moderno marcado por notas de carvalho, ameixa preta, figo e chocolate; Paladar complexo, estruturado, macio e longo; Final de Prova intenso e cheio.

LONGEVIDADE PREVISTA: 9 anos após o engarrafamento

MODO DE SERVIR: Deve ser servido a uma temperatura de 14/16ºC,acompanhando caça e queijo.

ÁLCOOL: 14%

ENÓLOGO: Domingos Soares Franco

 


Entrega, Cancelamento e Devoluções

O pack José Maria da Fonseca será entregue na morada que indicar, desde que situada em Portugal Continental e Ilhas, no prazo de 3 semanas (4 semanas nas Ilhas), a contar da data do débito no seu cartão de crédito, exceto no caso de rutura de stock.

Poderá desistir da compra até 14 dias após a data de entrega do produto encomendado. Neste caso, a devolução do mesmo poderá ser efetuada de forma gratuita devendo para tal devolver o produto com a fatura e embalagens originais, tudo completo e em perfeitas condições, num Balcão ou Centro Premier BPI. Nesta situação o BPI assegura a devolução do valor por crédito na conta à ordem ou na conta-cartão, conforme o meio de pagamento utilizado.

Fornecedor

José Maria da Fonseca Vinhos, S.A.
Quinta da Bassaqueira
Vila Nogueira de Azeitão
2925-511 Azeitão
info@jmf.pt


Linha de Apoio ao Cliente

Linha de Apoio ao Cliente
Telefone: 21 219 75 00
Das 09:00h às 18:00h

Produtos Relacionados: