Saltar para o conteúdo
Content ID: PR_WCS01_UCM01064241

Regulamento Geral Proteção Dados

Regulamento Geral Proteção Dados

Saiba porque o BPI trata dados pessoais, quais os seus direitos em relação aos seus dados pessoais e como pode gerir a sua informação.

  

Regulamento Geral Proteção de Dados

Regulamento Geral Proteção de Dados

 
Regulamento Geral Proteção de Dados

Transparência. Confiança. Segurança

Transparência. Confiança. Segurança

Como sempre, preocupamo-nos com os seus dados e com a proteção dos mesmos.

Saiba porque recolhemos e tratamos dados pessoais, quais os seus direitos em relação aos seus dados pessoais e como pode gerir a sua informação.

No âmbito da sua atividade, o Banco BPI procede à recolha e ao tratamento de dados pessoais dos seus Clientes particulares necessários para o estabelecimento das relações comerciais com os mesmos, assegurando que o seu tratamento é feito de acordo com as regras de proteção da privacidade emergentes do Regulamento (UE) 2016/679 e demais legislação nacional aplicável, bem como de acordo com os deveres de confidencialidade a que o Banco se encontra sujeito nos termos do Regime Geral das Instituições de Crédito e Entidades Financeiras (Decreto-Lei n.º 298/92, de 31 de Dezembro).

O Banco BPI é, assim, o responsável pelo tratamento dos dados, na medida em que é o responsável pela determinação das finalidades e dos meios de tratamento dos dados pessoais dos seus Clientes.

Para saber mais sobre o tratamento de dados, consulte aqui o documento que se destina a dotar os Clientes das informações necessárias para compreenderem o tratamento que o Banco faz dos respetivos dados pessoais, bem como dos direitos que, nos termos da lei, lhes assistem.

O BPI designou um Encarregado da Proteção de Dados que poderá ser diretamente contactado através de carta enviada para BPI DPO, Rua Tenente Valadim n.º 284, 4100-476 Porto, ou para o seguinte endereço eletrónico: dpo.rgpd@bancobpi.pt

Quais os benefícios do tratamento de dados?

Que dados recolhemos?

Para que finalidades tratamos os dados?

Que técnicas utilizamos?

Quais os destinatários dos dados?

Que direitos têm os nossos Clientes?

E se o Cliente não der o consentimento?

E se o Cliente mudar de ideias?