Saltar para o conteúdo
Content ID: PR_WCS01_UCM01106718

Exposição "Terra de Sonhos" inaugurada em Guimarães

Exposição de 40 fotografias de Cristina García Rodero faz parte do programa "Arte na rua" da Fundação "la Caixa".

Exposição "Terra de Sonhos" inaugurada em Guimarães | Banco BPI

Exposição

Exposição de 40 fotografias de Cristina García Rodero faz parte do programa "Arte na rua" da Fundação "la Caixa".

O presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, e o presidente honorário do BPI e curador da Fundação "la Caixa", Artur Santos Silva, inauguraram a "Terra de Sonhos. Cristina García Rodero", uma exposição fotográfica que reflete a vida quotidiana dos habitantes de Anantapur, no Estado de Andhra Pradesh, uma das zonas mais pobres da Índia, onde vivem as comunidades mais desfavorecidas e vulneráveis do país.

Sendo a cultura e a arte ferramentas essenciais para promover o desenvolvimento dos cidadãos, a Fundação "la Caixa" procura contribuir para a sensibilização do público através do acesso a conteúdos artísticos, designadamente nas exposições itinerantes que organiza.  

Em particular, com o seu programa "Arte na rua", a Fundação "la Caixa" procura transformar o espaço público num museu ao ar livre e levar ao público o trabalho de artistas de renome internacional.

O programa "Arte na rua" iniciou-se em Espanha em 2006 e, desde então, tem dado a conhecer ao público artistas de referência da modernidade, como Auguste Rodin ou Henry Moore, assim como artistas contemporâneos, como Manolo Valdés, Igor Mitoraj ou, mais recentemente, o fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado.

É neste quadro que a Fundação "la Caixa", em conjunto com o BPI e em colaboração com a Câmara Municipal de Guimarães, apresenta em Guimarães a exposição "Terra de Sonhos".

Cristina García Rodero foi convidada a documentar as condições de vida das comunidades de Anantapur na Índia.  Durante um mês e meio, García Rodero visitou hospitais, centros de acolhimento de mulheres vítimas de violência, oficinas, escolas e casas, realizando fotografias que dão voz a pessoas que são, muitas vezes, esquecidas: crianças, pessoas com deficiência e, especialmente, mulheres. Mães, camponesas, costureiras, noivas de diferentes religiões, professoras, enfermeiras e estudantes têm um papel de destaque neste projeto, pois representam um dos principais motores na transformação das comunidades de Anantapur.

A exposição entra no mais sensível e mágico do mundo feminino e na força e capacidade de superação das mulheres em Anantapur. Persistente e excessiva, Cristina García Rodero soube entrar neste mundo e fundir-se na alegria e no sofrimento daqueles que encobrem, com cor e graciosidade, o claro-escuro (chiaroscuro) da sua existência.

O resultado deste projeto são 40 fotografias: uma seleção de imagens representativas das comunidades rurais da Índia, que cativam pela sua qualidade de composição e de vivência.

Através do seu trabalho, García Rodero propõe-nos uma forma particular de ver a Índia, um mundo complexo e fragmentado. Cada fotografia constrói um código visual coerente e, sobretudo, transcendente. A imagem que se transforma em arte.

Cristina García Rodero, uma revolução no paradigma do olhar

Cristina García Rodero é uma figura da fotografia mundial, tanto pela sua personalidade, como pelo impacto nacional e internacional do seu trabalho. Nascida em Puertollano (Ciudad Real) em 1949, licenciou-se em Belas Artes pela Universidad Complutense de Madrid. Foi a primeira espanhola a ser admitida na prestigiada agência de fotojornalismo Magnum. De entre a sua vasta obra, destaca-se a "España oculta", que faz parte da Coleção "la Caixa" de Arte Contemporânea.

Recebeu inúmeros prémios, incluindo o "World Press Photo" em 1993, o "National Photography Award" em 1996, o "FotoPres la Caixa" em 1997, o "PhotoEspaña" em 2000, o Prémio Godó de Fotojornalismo em 2000, as medalhas de ouro do Mérito em Belas Artes, em 2005 e em Castilla-La Mancha em 2016 e, recentemente, o prémio "PhotoEspaña", em 2017. É a primeira fotógrafa espanhola a ter um museu próprio, na sua cidade natal.

| ARTE NA RUA |
TERRA DE SONHOS
CRISTINA GARCÍA RODERO

De 30 de julho a 27 de agosto de 2019

Largo do Toural
Guimarães

Visitas para o público em geral
Sábados às 18h e domingos às 12h. Sem necessidade de marcação prévia.
Ponto de encontro: início da exposição.

Visitas de grupos
Com marcação prévia através do número: 800 780 344

Entrada gratuita