Saltar para o conteúdo
Content ID: PR_WCS01_UCM01100660

Fundação "la Caixa" apoia dois investigadores portugueses com bolsas de pós-doutoramento

A Fundação "la Caixa" anunciou os investigadores selecionados para o programa de bolsas de pós-doutoramento Junior Leader, entre os quais estão dois investigadores portugueses.

Fundação “la Caixa” apoia dois investigadores portugueses com bolsas de pós-doutoramento | BPI

Fundação “la Caixa” apoia dois investigadores portugueses com bolsas de pós-doutoramento | BPI

O programa de pós-doutoramento Junior Leader destina-se à contratação de investigadores de excelência, de qualquer nacionalidade, que desejem iniciar ou continuar a sua carreira de investigação em território espanhol ou português. Promovido pela Fundação "la Caixa", este programa tem como objetivo fomentar a investigação inovadora e de alta qualidade e apoiar os melhores talentos científicos, oferecendo-lhes um ambiente atraente e competitivo no qual poderão realizar uma investigação de excelência. Pretende ainda consolidar as competências de investigação e fomentar a carreira científica independente como opção de futuro profissional.

Ana Mendanha Falcão, do ICVS - Life and Health Sciences Research Institute, Universidade do Minho

A esclerose múltipla é uma doença neurodegenerativa incurável que afeta até 2,5 milhões de pessoas em todo o mundo e é caracterizada pela destruição da mielina pelas células do sistema imunológico. A perda de mielina interrompe a condução do impulso nervoso e leva aos sintomas motores da esclerose múltipla. A reparação da mielina pode ocorrer precocemente na doença através da formação de nova mielina. Neste projeto, propõe-se a investigação do papel do plexo coroide na i) mielinização do sistema nervoso central, ii) patogénese da esclerose múltipla e iii) como mediador para a reparação da mielina. Analisando o transcriptoma de todas as células individuais que compõem o plexo coroide na esclerose múltipla, pretende-se descobrir novos agentes moleculares na doença. O objetivo final é encontrar vias para modular as moléculas provenientes do plexo coroide e a sua composição celular, a fim de restaurar a homeostase nos plexos coroides e, consequentemente, melhorar o resultado clínico dos pacientes com esclerose múltipla.

Pedro Sousa-Victor, do Instituto de Medicina Molecular, Universidade de Lisboa

Projeto que tenta entender como o ambiente inflamatório existente em organismos de idade avançada contribui para a perda de capacidade regenerativa de células estaminais envelhecidas. O objetivo é elaborar uma abordagem combinatória que vise simultaneamente alterações na célula estaminal envelhecida e regule a inflamação, como uma estratégia para melhorar a capacidade de restaurar a função de órgãos em animais velhos. Pretende-se iniciar a aplicação desses conceitos para combater a perda de massa muscular e de força física que ocorre durante o envelhecimento, uma condição conhecida como sarcopenia. As opções de tratamento para a sarcopenia foram limitadas pela natureza complexa da doença. Estes conceitos podem ser estendidos a outros órgãos e melhorar as aplicações da medicina regenerativa para o tratamento de pacientes idosos.

O programa de pós-doutoramento Junior Leader tem duas modalidades distintas:

  • Incoming: Atribui 22 bolsas de pós-doutoramento para investigadores de disciplinas STEM (Science, Technology, Engineering and Mathematics) de todas as nacionalidades, que nos últimos três anos tenham residido em Portugal ou Espanha menos de 12 meses, aos quais se oferece um contrato laboral de 3 anos para a realização de um projeto de investigação nos centros certificados com as distinções Severo Ochoa ou María de Maeztu, Institutos de Investigação Sanitária Carlos III e centros avaliados como excelentes e excecionais pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Este programa obteve, recentemente, apoio da Comissão Europeia no âmbito do programa Marie Skłodowska-Curie Actions - COFUND (MSCA-COFUND). Esta ajuda, de 5,7 milhões de euros, permitirá aumentar o número de bolsas nas convocatórias de 2020-2021, passando de 22 a 30 bolsas por convocatória.
  • Retaining: Atribui 11 bolsas de pós-doutoramento para investigadores de disciplinas STEM (Science, Technology, Engineering and Mathematics), que nos últimos três anos tenham residido em Portugal ou Espanha mais de 12 meses, para realizar a sua atividade de investigação em qualquer universidade ou centro de investigação de Portugal ou Espanha.

Os investigadores do programa de pós-doutoramento Junior Leader "la Caixa" dispõem de um contrato de três anos de acordo com a legislação laboral em vigor em Espanha e Portugal, de acordo com as disposições em matéria de saúde e segurança laboral e de segurança social, com acesso aos recursos, equipas e instalações apropriados. Cada bolsa de investigação pode atingir uma dotação máxima de €305.100. Além disso, ao longo das bolsas realizam-se diferentes formações em competências transversais.

O programa de bolsas de pós-doutoramento Junior Leader da Fundação "la Caixa" pretende contribuir para internacionalizar o sistema de investigação com a atração de talentos internacionais através da modalidade Incoming. A modalidade Retaining tem como objectivo contribuir para a retenção de talentos.

A investigação efetuada no âmbito do programa de pós-doutoramento Junior Leader "la Caixa" deve cumprir os princípios éticos da União Europeia e a legislação nacional e internacional aplicável nesta matéria, bem como a Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia e o Convénio Europeu de Direitos Humanos.

A Fundação "la Caixa" iniciou em 2018 a sua implantação em Portugal, consequência da entrada do BPI no Grupo CaixaBank.