Saltar para o conteúdo
Content ID: PR_WCS01_UCM01116274

Resultados Consolidados do Banco BPI nos primeiros nove meses de 2019

BPI com lucro consolidado de 253,6 milhões; crédito, recursos de Clientes e margem financeira mantêm crescimento sólido.

Resultados Consolidados do Banco BPI nos primeiros nove meses de 2019 | Banco BPI

Resultados Consolidados do Banco BPI nos primeiros nove meses de 2019 | Banco BPI

BPI com lucro consolidado de 253,6 milhões; crédito, recursos de Clientes e margem financeira mantêm crescimento sólido.

  • Dinâmica comercial impulsiona depósitos de Clientes que aumentam 1.228 milhões de euros (+5,8% face a dezembro de 2018) nos primeiros nove meses de 2019.
  • Carteira de crédito total aumenta 602 milhões de euros nos primeiros nove meses (+2,6% ytd); quota de mercado alcança os 10,2% em julho.
  • Carteira de crédito a empresas cresce 756 milhões de euros face a setembro do ano passado (8,6% yoy); Quota de mercado sobe 0.8 pontos percentuais nos últimos 12 meses para 10% em julho 2019.
  • Produção de crédito hipotecário cresce 32% para 388 milhões no terceiro trimestre de 2019.
  • Margem financeira sobe 3,4% yoy para 326,1 milhões de euros, apoiada pelo crescimento da carteira de crédito total, e apesar do ambiente de juros negativos.
  • BPI com a melhor qualidade de risco de crédito em Portugal; Rácio NPE de 3,2% em setembro de 2019. Cobertura de NPE de 124% por imparidades e colaterais.
  • O BPI emitiu em Setembro 275 M.€ de instrumentos AT1, subscritos integralmente pelo CaixaBank, e o Acionista aprovou uma proposta do Conselho de Administração de distribuição de 150 M.€ de reservas livres. Estas operações têm por objetivo uma composição de capital prudencial mais otimizada, conservando rácios de capital bastante acima dos requisitos regulamentares.
  • BPI mantém forte capitalização: rácio CET1 de 12,7%, rácio T1 de 14.2% e Rácio de capital total de 15,9%1).
  • Ratings: BPI com melhor avaliação individual de solidez financeira e rating de depósitos em Portugal, atribuídos pela Moody’s. Dívida de longo prazo do BPI classificada no segundo nível de "grau de investimento" (BBB) pela Fitch e Standard & Poors.
  • Utilizadores regulares de banca digital do BPI sobem 7% yoy, totalizando 666 mil clientes. Número de utilizadores da BPI App cresceu 39% yoy para 380 mil Clientes.

1) Inclui o resultado dos primeiros nove meses deduzido do dividendo de acordo com o limite superior da política de dividendos e pós distribuição e reservas livres, sujeito à aprovação pela entidade de supervisão. Os rácios de capital proforma antes da distribuição de reservas são: CET1 de 13.6%, T1 de 15.2% e capital total de 16.9%.

 

Ver Comunicado Completo.