Saltar para o conteúdo
Content ID: PR_WCS01_UCM01059738

Protocolo Revita

Fundação Bancária ”la Caixa” e BPI celebram protocolo com o Fundo Revita para a reconstrução de habitações em Pedrógão Grande.

Apoio às vítimas dos incêndios em Portugal

Apoio às vítimas dos incêndios em Portugal

Fundação Bancária ”la Caixa” e BPI celebram protocolo com o Fundo Revita para a reconstrução de habitações em Pedrógão Grande.

  • Donativo de 1 milhão de euros foi oficializado.
  • Futuros apoios (2 milhões de euros) para recuperação das habitações afectadas pelos incêndios de Outubro também serão alvo de acordos a estabelecer com as autoridades portuguesas.

A Fundação Bancária "la Caixa" e o BPI assinaram, dia 2 de Novembro, um protocolo com o Fundo Revita, que regula a entrega do donativo de 1 milhão de euros, destinado à recuperação de habitações situadas no concelho de Pedrógão Grande, afectadas pelos incêndios que ocorreram em 17 de Junho de 2017.

O protocolo foi assinado por Rafael Chueca, Director Corporativo de Território e Centros da Fundação "la Caixa", José Pena do Amaral, membro da Comissão Executiva do Banco BPI, Rui Fiolhais, Presidente do Fundo Revita, na presença de Valdemar Alves, Presidente da Câmara de Pedrogão Grande.

Em Agosto, o BPI entregou ao Fundo Revita cerca de 148 mil euros, reunidos com o contributo de mais de 2000 pessoas para a conta BPI Solidariedade.
 

Mais 2 milhões de euros para apoio a incêndios de Outubro

No seguimento dos violentos incêndios de Outubro, a Fundação Bancária "la Caixa" anunciou a disponibilização de mais 2 milhões de euros que serão distribuídos através de acordos a estabelecer com as autoridades portuguesas. No total, a Fundação Bancária "la Caixa" destinou 3 milhões de euros para apoio às vítimas dos incêndios em Portugal, no âmbito do seu acordo com o BPI.

A Fundação Bancária "la Caixa" está a desenhar neste momento o plano de implementação da sua acção social em Portugal, fruto da sua associação com o BPI, depois de o CaixaBank ter tomado o controlo da instituição portuguesa no passado mês de Fevereiro.

A Fundação Bancária irá lançar inicialmente os seus programas estratégicos de cuidados paliativos e continuados, de atenção às pessoas mais velhas, de integração laboral e de apoio à investigação médica. Ocupar-se-á também do desenvolvimento das regiões transfronteiriças e da colaboração com museus e entidades culturais portuguesas.
 

Compromisso com os mais vulneráveis

A Fundação Bancária "la Caixa" trabalha para o progresso das pessoas, com especial atenção às comunidades mais vulneráveis. O objectivo último é mudar o presente e construir futuros.

O seu Plano Estratégico contempla um investimento de mais de 2.000 milhões de euros entre 2016 e 2019. Em 2016, a Fundação promoveu cerca de 50.000 iniciativas sociais, das quais beneficiaram mais de 10 milhões de pessoas.

A Fundação Bancária é hoje a primeira Fundação de Espanha e uma das mais importantes do Mundo: a terceira em volume de activos e a sexta em orçamento executado.