Saltar para o conteúdo
Content ID: PR_WCS01_UCM01062141

Banco BPI

Resultados consolidados relativos ao exercício de 2017.

Banco BPI | Resultados consolidados relativos ao exercício de 2017

Banco BPI | Resultados consolidados relativos ao exercício de 2017

BPI aumenta lucro líquido em 21% para 191 milhões de euros na atividade em Portugal, excluindo não recorrentes.

BPI aumenta lucro líquido em 21% para 191 milhões de euros na atividade em Portugal, excluindo não recorrentes

  • BPI regista melhores resultados dos últimos 10 anos em Portugal;
  • Lucro consolidado "como reportado" atingiu 10,2 milhões de euros, absorvendo totalmente custos e efeitos contabilísticos extraordinários da participação financeira em Angola;
  • Recursos totais de Clientes aumentam 1.800 milhões (+5,6% yoy), com o crescimento do volume de transações a contribuir para a subida de 8,9% nas receitas de comissões;
  • Carteira de crédito às empresas aumenta 411 milhões em 2017 (+6,4% yoy) reforçando os ganhos de quota de mercado dos últimos anos;
  • Elevada qualidade da carteira de crédito: rácio de crédito em risco de apenas 2,9% e cobertura de 163% por imparidades e colaterais;
  • Margem financeira estrita sobe 1,0% em 2017 para 368 milhões;
  • Custos de estrutura recorrentes diminuem 5,3%;
  • Objetivo de sinergias alcançado: 122 milhões de sinergias de custos e proveitos provenientes de iniciativas já executadas ou em execução;
  • Forte capitalização com um CET1 de 13,0% (fully loaded) e um rácio de capital total de 14,7% (fully loaded), incluindo o impacto da IFRS9 e as transações das subsidiárias e operações anunciadas no final de 2017;
  • Retorno sobre capital tangível (ROTE) do BPI em Portugal deverá ser superior a 10% em 2020;
  • Cost-to-income deverá situar-se próximo de 50% em 2020.

Ver comunicado completo