Saltar para o conteúdo
Content ID: PR_WCS01_UCM01091112

A participação do BPI na BTL 2019

O BPI foi o Banco Oficial pelo quarto ano consecutivo.

A participação do BPI na BTL 2019 | Banco BPI

A participação do BPI na BTL 2019 | Banco BPI

O BPI foi o Banco Oficial pelo quarto ano consecutivo.

O lançamento do Prémio Nacional de Turismo e a participação no BTL Lab, enquanto associado fundador do Centro de Inovação do Turismo, foram as grandes novidades de mais uma presença na BTL - Bolsa de Turismo de Lisboa. O BPI foi o Banco Oficial pelo quarto ano consecutivo.

O BPI destacou equipas comerciais para apresentar as Soluções BPI Turismo para Empresas e reforçar a proximidade aos profissionais do setor e ao público, no stand desenhado para a BTL, localizado no centro do Pavilhão 1. Para além do espaço de atendimento, o stand incluiu uma área de entretenimento com um jogo do Banco Oficial das Seleções. No stand BPI, estiveram ainda promotores da Samsung a mostrar os novos modelos Galaxy S10 e S10+.

Integrado no Pavilhão 3, o espaço BTL Lab contou com um gestor de empresas e negócios do BPI em permanência na zona de networking do Centro de Inovação do Turismo - ou Tourism Innovation Center.  O palco do BTL Lab afirmou-se como um dos mais importantes para debate e troca de experiências sobre inovação na indústria do turismo, mas também desafios e tendências tecnológicas em diversos sectores de mercado, incluindo a Banca. O espaço BTL Lab integrou ainda o Pitch Stage by Tourism Innovation Center, onde 40 startups portuguesas do setor apresentaram as suas soluções e produtos.

A BTL 2019 apostou em novos segmentos e ações, como foi o caso da BTL Cultural, em parceria com a Fundação Calouste Gulbenkian, que reuniu algumas das instituições mais importantes da cultura em Portugal, incluindo a Casa da Música e a Fundação de Serralves. Destaque ainda para a Bolsa de Empregabilidade, organizada pelo Fórum Turismo, em parceria com o Turismo de Portugal, que apresentou mais de 10 mil ofertas de emprego para o setor.

"Pudemos confirmar e constatar o vigor e a importância do setor para a economia e vida dos portugueses", refere em comunicado Fátima Vila Maior, Diretora de Feiras da FIL. "Com 1400 expositores, mais 21% face ao ano passado, a BTL 2019 reuniu os diferentes players do turismo, desde as agências de viagens e operadores turísticos, hotelaria, transportes, unidades de turismo rural, entidades regionais de turismo, regiões, entre muitos outros. Na BTL 2019 estiveram representadas todas as entidades regionais de turismo nacionais e mais de 50 municípios que se representam individualmente para além dos 46 destinos internacionais. A BTL ocupou uma área total de mais de 40 mil m2, distribuída por quatro pavilhões tendo sido a maior de sempre até hoje".

Na próxima edição, Fátima Vila Maior avança para "uma maior aposta no Enoturismo em termos internacionais, com mais países e em formatos inovadores e também no turismo de juventude".  A BTL 2020 realizar-se-á de 11 e 15 de março.

A 31ª edição da BTL - Bolsa de Turismo de Lisboa, que decorreu entre 13 e 17 de março, na FIL, em Lisboa, recebeu um total de 70.322 visitantes, entre profissionais do setor e público em geral.

Prémio Nacional de Turismo

É de salientar o lançamento da 1ª edição do Prémio Nacional de Turismo (PNT2019), uma iniciativa que resulta de uma parceria entre o BPI e o Expresso e conta com o alto patrocínio do Ministério da Economia, o apoio institucional do Turismo de Portugal e a assessoria técnica da Deloitte.

"O BPI está completamente virado para o turismo, com uma oferta muito completa, gestores de segmento dedicados em exclusivo ao setor para apoiar a rede comercial e equipas especializadas para analisar projetos especiais nesta área", salientou Pedro Barreto, administrador do BPI responsável pela Banca de Empresas e Institucionais, na apresentação do PNT2019. "É muito importante darmos visibilidade aos bons projetos que acontecem em Portugal".

A marcar o arranque do PNT 2019, seguiu-se uma conversa conduzida por Ricardo Costa, Diretor Geral de Informação da Impresa e Diretor Interino do Expresso, com o Presidente da Fundação AIP, Jorge Rocha de Matos, e o Presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo. O encerramento da sessão esteve a cargo do Ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira.

O PNT2019 foi criado com o objetivo de premiar as empresas portuguesas que se distingam como casos de sucesso, enquadradas nas categorias de Alojamento, Restauração e Serviços Turísticos. Pretende igualmente reconhecer projetos de turismo responsável, iniciativas que se destaquem pela inovação e projetos de âmbito público.

As candidaturas deverão ser efetuadas exclusivamente online, no site do Prémio Nacional de Turismo, em www.premionacionalturismo.pt. O processo de candidaturas decorre até 31 de maio de 2019.