Saltar para o conteúdo
Content ID: PR_WCS01_UCM01105651

Festival Internacional de Música de Marvão

BPI e Fundação "la Caixa" apoiam a 6ª edição, que terá lugar de 19 a 28 de julho.

Festival Internacional de Música de Marvão | Banco BPI

Festival Internacional de Música de Marvão | Banco BPI

BPI e Fundação ”la Caixa” apoiam a 6ª edição, que terá lugar de 19 a 28 de julho.

  • A 6.ª edição do Festival Internacional de Música de Marvão conta com o Alto Patrocínio de Sua Excelência o Presidente da República.
  • O BPI e a Fundação "la Caixa" são patrocinadores do Festival e dão nome à gala de abertura, com a soprano Juliane Banse, o violoncelista Aurélien Pascal, o trompetista Felix Klieser e a Orquestra de Câmara de Colónia, dirigida pelo maestro Christoph Poppen.
  • A Fundação "la Caixa" iniciou em 2018 a sua implantação em Portugal, consequência da entrada do BPI no Grupo CaixaBank. Em 2018, destinou 12 milhões de euros a projetos sociais, de investigação, educativos e de divulgação cultural e científica. Este investimento ascenderá a 20 milhões de euros em 2019.

O BPI e a Fundação "la Caixa" apoiam a 6.ª edição do Festival Internacional de Música de Marvão, que terá lugar de 19 a 28 de julho. A iniciativa conta com o Alto Patrocínio de Sua Excelência o Presidente da República.

No dia 19 de julho, o BPI e a Fundação "la Caixa" dão nome à gala de abertura, com atuação da soprano Juliane Banse, do violoncelista Aurélien Pascal, do trompetista Felix Klieser e da Orquestra de Câmara de Colónia, dirigida pelo maestro Christoph Poppen.

"O BPI e a Fundação "la Caixa" estão comprometidos com o desenvolvimento da sociedade através do apoio à ciência, à educação, à investigação e à cultura. O Festival Internacional de Música de Marvão é uma iniciativa que merece toda a nossa atenção por estar entre o que de melhor se faz pela música erudita em Portugal. O contributo que tem na dinamização da região é inegável e o nosso apoio é uma forma de incentivar a sua continuidade.", afirma José Pena Amaral, administrador e membro da Comissão Executiva do Conselho de Administração do BPI.

Na edição de 2019, estão programados mais de 40 concertos com quase 400 músicos, provenientes de 20 países, entre os quais Teresa Salgueiro, a Orquestra de Câmara de Israel, a Banda Sinfónica Portuguesa, o Teatro Nacional de São Carlos e a Orquestra de Macau. São esperados mais de 8 mil visitantes, provenientes de todo o mundo.

Simultaneamente à programação musical, estarão a decorrer iniciativas que vão desde exposições de arte a exibições cinematográficas.

O Festival Internacional de Música de Marvão procura ligar vários estilos musicais, trazendo a Portugal músicos do mais alto nível artístico. Ao realizar um festival com tais características no interior do País, procura dignificar, enriquecer e manter viva a região, contribuindo para o crescimento e para a prosperidade de forma sustentável.

A Fundação "la Caixa" iniciou em 2018 a sua implantação em Portugal, consequência da entrada do BPI no Grupo CaixaBank. Em 2018, destinou 12 milhões de euros a projetos sociais, de investigação, educativos e de divulgação cultural e científica. Este investimento ascenderá a 20 milhões de euros em 2019.