Prémio BPI Fundação "la Caixa" 2021
Share
Abertas as candidaturas para financiar projetos que facilitem o desenvolvimento integral e o processo de inclusão social de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade.
11-05-2021
  • O BPI e a Fundação "la Caixa" lançam a 3ª edição do Prémio Infância que vai apoiar, com 800.000 euros, projetos que facilitem o desenvolvimento integral e o processo de inclusão social de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade.
  • Segundo o relatório “Portugal, Balanço Social 2020 – Um retrato do país e dos efeitos da pandemia”, as crianças constituem um dos grupos da população mais vulnerável à pobreza e exclusão.
  • Desde 2010, o BPI e a Fundação "la Caixa" entregaram 19 milhões de euros para a execução de mais de 600 projetos de inclusão social que contribuíram para melhorar a vida de mais de 150 mil portugueses.

 O BPI e a Fundação "la Caixa" lançam a 3ª edição do Prémio Infância, uma iniciativa com uma dotação de 800 mil euros, que tem como finalidade apoiar projetos que facilitem o desenvolvimento integral e o processo de inclusão social de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade. O objetivo é romper com o círculo da pobreza, dando valor à infância e à adolescência, assim como à família como eixo da ação socioeducativa.

As instituições privadas sem fins lucrativos podem apresentar as suas candidaturas até 7 de junho. 

Segundo o relatório “Portugal, Balanço Social 2020 – Um retrato do país e dos efeitos da pandemia”, divulgado recentemente pela Nova SBE, a Fundação ”la Caixa” e o BPI, no âmbito da Iniciativa para a Equidade Social, as crianças constituem um dos grupos da população mais vulnerável à pobreza e exclusão social.

De acordo com o relatório, em 2019, a taxa de pobreza das crianças era de 18,5%, valor superior ao da população total (17,2%). Além disso, os dados mostram que a pobreza atinge 33,9% das famílias monoparentais, o tipo de agregado com maior taxa de pobreza.

A crise pandémica teve também importantes efeitos na educação. Segundo os dados do relatório, os alunos de famílias mais pobres estiveram potencialmente mais vulneráveis com a substituição das aulas presenciais pelo ensino a distância, devido às limitações no acesso a meios - como computador e internet - para acompanhamento das aulas online.

Nesse contexto, o Prémio Infância vai privilegiar projetos que deem respostas sociais nas seguintes linhas prioritárias:

  • Ações de apoio socioeducativo formal: reforço escolar e acompanhamento familiar.
  • Ações de apoio socioeducativo não formal: tempos livres e projetos de transição para a vida adulta.
  • Apoio social básico: acesso a bens e serviços básicos (alimentação, higiene e subsídio de alimentação).
  • Desenvolvimento de competências parentais: capacitação para o exercício de uma parentalidade positiva.
  • Apoio à primeira infância: programas de prevenção individual e comunitária.
  • Apoio sociossanitário para a melhoria da qualidade de vida da infância em situação de doença crónica. 

Criado em 2019, o Prémio Infância já atribuiu 1,5 milhões de euros a 55 projetos. A seleção dos projetos é realizada através de uma avaliação objetiva que analisa os projetos e as linhas prioritárias estabelecidas nas bases de cada candidatura e do possível impacto social.

No próximo mês serão abertas as candidaturas ao Prémio BPI Fundação ”la Caixa” Rural.

As entidades interessadas podem obter mais informação no site do BPI (https://www.bancobpi.pt/responsabilidade-social) e da Fundação ”la Caixa”.

5 Prémios BPI Fundação "la Caixa" com reforço da dotação para €4 milhões

Os Prémios BPI Fundação “la Caixa” destinam-se a apoiar projetos de instituições sociais sem fins lucrativos que promovam a melhoria da qualidade de vida das pessoas em situação de vulnerabilidade social. Através de 5 Prémios que atuam em diferentes áreas são apoiados projetos sustentáveis, de elevada qualidade e com impacto direto na vida das pessoas que mais precisam. A seleção destes projetos é baseada numa avaliação objetiva e transparente, tendo em conta as linhas prioritárias definidas e o impacto social.

Nos últimos onze anos, estes prémios atribuíram 19 milhões de euros a mais de 600 projetos de instituições sociais que têm contribuído para melhorar a vida de mais de 150 mil pessoas.

Em 2021, os Prémios BPI Fundação "la Caixa" reforçam a dotação para 4 milhões de euros, a fim de ajudar a mitigar os efeitos da pandemia nas cinco áreas de intervenção distintas. 

Mais Notícias
Ver Mais
Print