Saltar para o conteúdo
Content ID: PR_WCS01_UCM01076925

Terra Adentro - a Espanha de Joaquín Sorolla

Exposição inaugura a 6 de dezembro no Museu Nacional de Arte Antiga.

Terra Adentro - a Espanha de Joaquín Sorolla | Banco BPI

Terra Adentro - a Espanha de Joaquín Sorolla | Banco BPI

Exposição inaugura a 6 de dezembro no Museu Nacional de Arte Antiga.

​Organizada em parceria com o Museo Sorolla, Madrid, a exposição reúne 118 pinturas de Joaquín Sorolla y Bastida (Valência, 1863 – Cercedilla, 1923) pertencentes à coleção daquele museu e provenientes de coleções particulares de Espanha. Predominam na mostra as paisagens que o mestre espanhol do «ar livre» e da «luz intensa» executou nas suas viagens pela Espanha da viragem do século xix para o século xx, desde a sua Valência natal até ao País Basco e à Andaluzia, participando num movimento cultural que buscava uma outra imagem do país, alheada da representação historicista de glórias passadas e encontrando-a na pura paisagem, tanto das regiões da periferia peninsular quanto nos campos da Mancha ou de Castela e seus monumentos.

A seleção de peças contempla também algumas pinturas fundamentais da sua «imagem de marca»: as cenas de beira-mar em praias do Levante, com as brincadeiras estivais de crianças e jovens veraneantes e a faina dos pescadores da costa de Valência.

Sorolla é um dos grandes vultos da pintura moderna europeia e continua a ser muito mal conhecido em Portugal. Esta é uma oportunidade para se contactar com um núcleo fundamental da sua obra, antes mesmo da grande exposição antológica que a National Gallery de Londres prepara para a Primavera de 2019.

Com o título Sorolla Tierra Adentro, a exposição foi apresentada no Museo Sorolla, Madrid, em 2016. Para o mnaa, foi preparada uma versão mais alargada, com novos núcleos e peças, para dar ao público português uma imagem mais abrangente da obra de Joaquín Sorolla.

A exposição foi organizada mediante um convénio estabelecido entre a Direção-Geral do Património Cultural, o Ministerio de Cultura y Deporte, de Espanha, e La Fundación Museo Sorolla. É composta por 119 obras de pintura: 116 pertencentes à coleção do Museo Sorolla e Fundación Museo Sorolla e três provenientes de coleções particulares.

O BPI e a Fundação "la Caixa" são mecenas da exposição.

Comissária: Carmen Pena
Coordenação: José Alberto Seabra Carvalho (Museu Nacional de Arte Antiga) e Consuelo Luca de Tena (Museo Sorolla)

Horário da Exposição
Terça-feira a domingo, 10h00-18h00
(encerra a 25 dezembro e 1 janeiro)

Preçário
Normal
Exposição: € 6,00
Exposição + Museu: € 10,00

Entrada gratuita para os Clientes BPI mediante a apresentação de Cartão de Crédito ou Cartão de Débito BPI, na bilheteira do MNAA (cada cartão dá acesso a uma entrada para o seu titular).

Para informações mais detalhadas sobre a exposição e as variantes do preçário, consulte aqui a apresentação.