Saltar para o conteúdo
Content ID: PR_WCS01_UCM01136492

BPI lança linha de crédito de 20 milhões para apoiar o setor da pesca

Linha de Crédito de Apoio ao Setor da Pesca 2020 com condições especiais ao abrigo das medidas de apoio da Covid-19.

BPI lança linha de crédito de 20 milhões para apoiar o setor da pesca

BPI lança linha de crédito de 20 milhões para apoiar o setor da pesca

Linha de Crédito de Apoio ao Setor da Pesca 2020 com condições especiais ao abrigo das medidas de apoio da Covid-19

• Linha de Crédito de Apoio ao Setor da Pesca 2020 com condições especiais ao abrigo das medidas de apoio da Covid-19.

• Bonificação da taxa de juro até 100%, atribuída pelo Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (IFAP) e rapidez na análise e decisão das propostas de crédito.


O BPI assinou um protocolo com o Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (IFAP) para disponibilizar a Linha de Crédito de Apoio ao Setor da Pesca 2020, com uma dotação global de 20 milhões de euros, juros bonificados até 100% e prazos de financiamento até 6 anos.

O protocolo com o IFAP permitirá ao BPI disponibilizar financiamento para o Sector da Pesca em condições muito competitivas, nos termos do quadro de medidas de auxílio estatal criadas pela Comissão Europeia para apoiar a economia:

• Bonificação da taxa de juro, atribuída pelo Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (IFAP);

• Rapidez na análise e decisão das propostas de crédito;

• Financiamento adaptado às necessidades do setor da pesca.

Este apoio visa permitir às entidades do setor superar as dificuldades de tesouraria decorrentes da adaptação dos operadores ao atual contexto de Covid-19, disponibilizando às empresas, organizações de produtores e à indústria de transformação dos produtos da pesca e do pescado, a custos reduzidos, os meios financeiros necessários à manutenção da sua atividade.

O crédito a conceder tem como finalidade a aquisição de fatores de produção, apoio à tesouraria e fundo de maneio, nomeadamente para liquidação de salários e impostos e renegociação de dívidas a fornecedores e instituições de crédito.
Para mais