Saltar para o conteúdo
Content ID: PR_WCS01_UCM01083853

Prémio BPI "la Caixa" Rural

Prémio BPI

Para apoiar projetos combatam as fragilidades e exclusões sociais reforçando a coesão das comunidades rurais.

Prémio BPI la Caixa Rural 2019
 
Prémio BPI la Caixa Rural

O BPI e a Fundação "la Caixa" lançam a 2ª edição do Prémio Rural, um prémio para população de meios rurais em situação de vulnerabilidade, para apoiar projetos nas áreas do envelhecimento, deficiência e incapacidade, integração laboral, interculturalidade e coesão social.

O valor do Prémio Rural é de 750 mil euros e podem candidatar-se todas as instituições privadas sem fins lucrativos que apresentem projetos sólidos e inovadores nesta área.

Criado em 2019, o Prémio Rural atribuiu 750 mil euros a 22 projetos.

O Prémio Rural foi adaptado ao contexto atual, apoiando projetos que apresentem respostas concretas para acompanhar as pessoas afetadas pela crise provocada pela pandemia do Coronavírus.


Candidaturas

De 28 de abril até 22 de junho (até às 23h59).
(Alargado o prazo de candidatura face ao atual contexto de crise provocada pela pandemia do Coronavírus).

Cada entidade promotora só pode apresentar 1 candidatura por Prémio, candidaturas a 2 Prémios e só poderá ser premiada uma vez em cada edição.

Na edição 2020, são 5 os Prémios que se distinguem entre si, pelo seu âmbito de atuação - Prémio Infância, Solidário, Seniores, Capacitar e Rural.

A quem se destina

A todas as instituições privadas sem fins lucrativos, com sede ou delegação legalmente constituída em Portugal ou com núcleos com autonomia comprovada, há pelo menos um ano, com projetos que visem a melhoria da qualidade de vida e a igualdade de oportunidades de população de meios rurais em situação de vulnerabilidade social.

Prémio

O apoio financeiro poderá ser até 85% do custo total do projeto, com os seguintes limites máximos de comparticipação:

Apoio
1 ano 2 anos
Sem parceria 40.000€ 80.000€
Com parceria 60.000€ 120.000€

Critérios de avaliação

Todas as candidaturas serão avaliadas e selecionadas de acordo com os seguintes critérios:

  • Qualidade - tendo em conta a experiência da instituição e programação do projeto;
  • Sustentabilidade - com base na solidez económica da entidade e adequação dos recursos do projeto;
  • Relevância - tendo em conta a inovação e impacto social esperado.

Terão valorização adicional candidaturas que apresentem projetos com as seguintes caraterísticas:

  • Em parceria com uma ou mais entidades - em que a complementaridade permite otimizar os recursos do projeto;
  • De humanização da saúde - em especial projetos que promovam o apoio a cuidados paliativos, sendo esta uma das prioridades da ação da Fundação "la Caixa" em Portugal.

Ações prioritárias

São consideradas prioritárias para efeitos de seleção de candidaturas as ações que visam solução para os seguintes temas:

  • Envelhecimento - promoção da vida ativa e da autonomia pessoal, respostas ao isolamento e o apoio às famílias;
  • Incapacidade - promoção da autonomia pessoal, desenvolvimento centrado na pessoa, apoio às famílias e promoção da ocupação inclusiva;
  • Pobreza e exclusão social - desenvolvimento social e educacional de crianças e adolescentes e pessoas em situação de vulnerabilidade;
  • Integração laboral - promover o trabalho em rede, o autoemprego, o empreendedorismo, a sensibilização de empresas e a capacitação profissional orientada e com acompanhamento;
  • Interculturalidade e coesão social - integração de imigrantes e refugiados e a participação cívica na gestão do bem comum;
  • Saúde – assegurar as necessidades básicas de alimentação e higiene e garantir a humanização da saúde.

Enquadramento

Os Prémios BPI "la Caixa" regem-se por um regulamento único que tem como suporte documentos de apoio à candidatura de caráter vinculativo. São 5 os Prémios, com diferentes prazos de candidatura diferentes e que se distinguem entre si, pelo seu âmbito de atuação.

Estado

Candidaturas encerradas.

Como se candidatar

As candidaturas são efetuadas on-line, em www.premiosbpilacaixa.pt, efetuando os seguintes passos:

  1. Registo prévio das entidades promotoras e entidades parceiras, submetendo um processo de acreditação. Note-se que:
    i) entidades com candidaturas anteriores, já se encontram acreditadas, devendo validar e atualizar a informação, se necessário.
    ii) entidades que se candidatam pela primeira vez em 2020, devem submeter um novo processo de acreditação.
  2. Preencher o formulário de candidatura e anexar toda a documentação necessária.

Documentação

A candidatura exige a aceitação das condições do regulamento do prémio. Antes de se candidatar consulte o regulamento e toda a documentação de apoio de carater vinculativo (informação a disponibilizar até 28 de janeiro):

Regulamento
Lista de Documentos a entregar
Guia de apoio
Prémio Rural - Zonas Geográficas
Perguntas Frequentes

Júri

O Júri, nomeado pelo BPI e pela Fundação "la Caixa" para os 5 Prémios, é composto pelos seguintes elementos:

  • António Barreto - Presidente do Júri
  • António Seruca Salgado
  • Carlos Farinha Rodrigues
  • Marc Simon Martinez
  • Rafael Chueca Blasco

Contactos

(disponível das 8h às 20h)
premiosbpi.lacaixa@bancobpi.pt
800 22 33 44


Projetos Premiados 2020

Alzheimer Portugal - Delegação Centro

Retardar a institucionalização

  • Implementar uma unidade móvel de intervenção psicossocial para prestar serviços de apoio a pessoas com demências, permitindo-lhes permanecer no seu domicílio com qualidade de vida;
  • Apoiar os cuidadores através a prestação de apoio psicológico e formação em contexto domiciliário.

Pombal | € 30.000

 

Alzheimer Portugal - Delegação Centro
 

ASSOCIAÇÃO CAUSA - UNIDOS POR UMA CASA

Reativar a atividade agrícola

  • Construir anexos agrícolas comunitários para apoiar agricultores de subsistência que perderam fonte de rendimentos nos grandes incêndios;
  • Devolver a dignidade do trabalho aos agricultores, potenciar o espírito comunitário e incentivar o envelhecimento ativo.

Arganil | € 46.170

 

ASSOCIAÇÃO CAUSA - UNIDOS POR UMA CASA
 

Associação Espiral de Vontades

Melhorar a qualidade de vida

  • Criar um espaço de estimulação multissensorial em meio rural, com benefícios diretos na saúde e bem-estar psíquico e social dos indivíduos;
  • Facilitar a resposta terapêutica especializada de estimulação sensorial, que complemente a intervenção clínica, para todas as idades e com várias problemáticas.

Monchique | € 35.980

 

Associação Espiral de Vontades
 

Associação Médicos do Mundo

Promover o envelhecimento ativo

  • Reforçar o apoio junto da população idosa afetada pelos grandes incêndios, através de estratégias de proximidade e prestação de cuidados de saúde humanizados;
  • Promoção da saúde e prevenção da doença através de sessões temáticas que potenciem momentos de socialização e envolvimento comunitário.

Castanheira de Pêra | € 32.000

 

Associação Médicos do Mundo
 

CACFF - Centro Assistencial Cultural e Formativo do Fundão

Melhorar a saúde mental

  • Implementação de modelo de intervenção comunitário e biopsicossocial para prevenir, acompanhar e reabilitar membros da comunidade com necessidades ao nível da saúde mental;
  • Dar resposta a situações de exclusão e de vulnerabilidade social agravadas pela pandemia.

Fundão | € 20.510

 

CACFF - Centro Assistencial Cultural e Formativo do Fundão
 

Casa do Povo da Maia

Aumentar a empregabilidade

  • Produção, transformação e comercialização de produtos agroalimentares com vista à empregabilidade, maioritariamente de jovens e mulheres;
  • Reforçar um sentimento de comunidade e reverter processos de envelhecimento e migração, para reforço da coesão social.

Ribeira Grande | € 32.000

 

Casa do Povo da Maia
 

Centro de Bem Estar Social de Vale de Figueira

Combater o isolamento social

  • Implementação de programa dirigido a pessoas em situação de isolamento para minimizar e retardar efeitos negativos decorrentes do processo de envelhecimento;
  • Formação em tecnologias e ateliers de trabalhos manuais que visam reforçar o convívio e estreitar os laços sociais na comunidade.

Santarém | € 22.750

 

Centro de Bem Estar Social de Vale de Figueira
 

Centro Social Comunitário do Peso

Melhorar a qualidade de vida e aumentar a autonomia

  • Oferecer um programa multidisciplinar de reabilitação e estimulação de seniores residentes em meios rurais, incluindo respostas ao domicílio;
  • Assegurar uma oferta integrada de cuidados e estímulos, para melhorar a qualidade de vida e aumentar a autonomia.

Covilhã | € 35.880

 

Centro Social Comunitário do Peso
 

CENTRO SOCIAL E PAROQUIAL DE PARADA DE GATIM

Estimular hábitos saudáveis

  • Criação de um Centro de Dia para a população sénior;
  • Prevenir e combater o isolamento social, estimular hábitos de vida saudável, realizar atividades de estimulação cognitiva e atividade física na população mais envelhecida.

Vila Verde | € 36.000

 

CENTRO SOCIAL E PAROQUIAL DE PARADA DE GATIM
 

Centro Social Paroquial S. Geraldo de Carrapatas

Aumentar a segurança na toma da medicação e chegar a mais idosos isolados

  • Potenciar cuidados de saúde e sociais de proximidade, mobilizando cidadãos, instituições e comunidade, para idosos em zonas isoladas, sem qualquer suporte atual;
  • Parceria com farmácia local para preparar e distribuir a medicação, garantindo o correto condicionamento e toma.

Macedo de Cavaleiros | € 46.280

 

Centro Social Paroquial S. Geraldo de Carrapatas
 

CLAP

Assegurar o acesso a bens e serviços essenciais

  • Criar serviço de transporte social para assegurar o acesso a bens e serviços essenciais, combater o isolamento social, e promover a sua segurança e bem-estar;
  • Serviço de vigilância e apoio na saúde, através da realização de visitas de enfermagem que vigiarão os valores de tensão, febre e glicémia no domicílio.

Amarante | € 49.740

 

CLAP
 

Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação de Bragança

Resgatar a cidadania e dignidade

  • Oferecer cuidados de enfermagem, avaliação e acompanhamento psicológico, apoio social, animação sociocultural e fisioterapia a idosos em situação de pobreza;
  • Combater a pobreza extrema, o isolamento social, e promover o envelhecimento saudável, resgatando a cidadania, a dignidade e a autoestima.

Bragança | € 28.990

 

Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação de Bragança
 

ENTRAJUDA

Reforçar apoio alimentar

  • Criar uma plataforma online para ligar pessoas que necessitam de apoio alimentar às instituições da sua área de residência, criando uma rede de IPSS, autarquias e segurança social;
  • Realização de sessões de informação e sensibilização presenciais.

Alcobaça | € 27.000

 

ENTRAJUDA
 

FEDERAÇÃO NACIONAL DAS ASSOCIAÇÕES DE RAÇAS AUTOCTONES – FERA

Promover Escola de Pastores

  • Implementar uma escola de pastores para capacitar e melhorar o padrão de vida da população rural e promover o desenvolvimento sustentável do gado;
  • Integrar os jovens na atividade, favorecer mudanças geracionais e despertar o conhecimento tradicional no uso sustentável dos recursos pecuários.

Vila Pouca de Aguiar | € 51.500

 

FEDERAÇÃO NACIONAL DAS ASSOCIAÇÕES DE RAÇAS AUTOCTONES – FERA
 

Irmandade da Santa Casa da Misericórdia da Redinha

Satisfazer necessidades básicas

  • Sinalizar seniores isolados social e/ou geograficamente para assegurar acompanhamento social e ajudar a satisfazer as suas necessidades básicas;
  • Oferecer respostas sociais e fomentar o convívio à distância e apoio biopsicossocial.

Pombal | € 27.550

 

Irmandade da Santa Casa da Misericórdia da Redinha
 

MEERU | Abrir Caminho

Apoiar famílias migrantes

  • Criar modelo de estruturação de redes de suporte informal que combata o isolamento social dos agregados familiares migrantes, refugiados e requerentes de asilo;
  • Fortalecer relações de confiança e pertença e criar eventos na comunidade para potenciar redes de suporte.

Viana do Castelo | € 31.650

 

MEERU | Abrir Caminho
 

Novo Dia, Associação para a Inclusão Social

Potenciar a (re)inserção social

  • Promover o desenvolvimento social, educacional e formativo de pessoas em situação de vulnerabilidade social, procurando potenciar a sua (re)inserção na comunidade;
  • Criar grupos de partilha de experiências, dando formação e estimulando a realização de atividades onde são trabalhadas as competências relacionais e emocionais.

Ponta Delgada | € 44.370

 

Novo Dia, Associação para a Inclusão Social
 

RUDE - Associação de Desenvolvimento Rural

Capacitar cuidadores

  • Aprofundar a conexão emocional nos cuidados prestados a seniores, reduzindo a solidão e o isolamento social;
  • Projeto será implementado em duas vertentes: capacitar profissionais e cuidadores e apoio direto a pessoas seniores.

Covilhã | € 54.530

 

RUDE - Associação de Desenvolvimento Rural
 

Terra Mãe

Capacitar famílias

  • Criar centro de recursos para o desenvolvimento familiar com programas de competências sociais e pessoais;
  • Programa de intervenção para capacitar famílias e apoiar o crescimento acompanhado de crianças e adolescentes.

Viana do Alentejo | € 37.100

 

Terra Mãe
 

VALORIZA - Associação de Desenvolvimento Local

Autonomizar pessoas com deficiência

  • Integrar pessoas com deficiência num programa de plantação, tratamento e distribuição de produtos hortofrutícolas, com vista à sua desinstitucionalização;
  • Criar autonomia através do desenvolvimento de uma atividade socialmente útil ou da integração no mercado de trabalho.

Amares | € 60.000

 

VALORIZA - Associação de Desenvolvimento Local
 
Projetos Premiados 2019