Saltar para o conteúdo
Content ID: PR_WCS01_UCM01118100

Inovafil vence Prémio PME Inovação COTEC-BPI 2019

Decisão do júri conhecida durante o 9º Encontro PME Inovação.

Inovafil vence Prémio PME Inovação COTEC-BPI 2019 | Banco BPI

Inovafil vence Prémio PME Inovação COTEC-BPI 2019 | Banco BPI

Decisão do júri conhecida durante o 9º Encontro PME Inovação.

  • Empresa têxtil vocacionada para a produção de fios diferenciadores alcançou em 2018 um volume de negócio próximo dos 22 milhões de euros, 41% dos quais resultantes de exportação.
  • A edição do presente ano do Prémio PME Inovação COTEC-BPI recebeu a candidatura de 101 empresas, cujas práticas de inovação foram avaliadas pelo sistema Innovation Scoring.

 
A Inovafil, empresa têxtil vocacionada para a produção de fios diferenciadores, é a vencedora da edição de 2019 do Prémio PME Inovação COTEC-BPI. A iniciativa distingue anualmente empresas que se destacam e constituem exemplos pelas suas práticas de gestão de inovação com impacto no crescimento e rentabilidade. O Júri do Prémio, presidido por Pedro Barreto, Administrador do BPI, destacou os excelentes indicadores de desempenho empresarial da Inovafil, e a dinâmica de crescimento médio anual do seu volume de negócios, superior a 15% nos últimos 3 anos.

Em 2018 a Inovafil alcançou um volume de negócio próximo dos 22 milhões de euros, 41% dos quais resultantes de exportação, tendo como destino principal França, Espanha e Estados Unidos da América. Concorreram à edição do presente ano 101 empresas, cujas práticas de inovação foram avaliadas pelo sistema Innovation Scoring.

Fundada em 2011, a Inovafil produz "fios inteligentes" para os mercados de moda e dos têxteis técnicos, exportando para mais de 20 países e tendo uma capacidade produtiva de 160 toneladas de fio mensais. Com recurso a tecnologia de ponta, a INOVAFIL processa fibras naturais, artificiais e sintéticas. A sua produção de "fios inteligentes" - fios têxteis funcionais, técnicos e de performance - envolve também esforços na produção de fios reciclados e ecológicos, bem como atividades de I&D em fibras celulósicas e análises genéticas para o sourcing responsável de algodão. A aposta estratégica na flexibilidade e qualidade total conduziu a Inovafil ao controlo dos processos de produção através de um laboratório interno que funciona 24/24h e a uma reconfiguração da mão-de-obra para uma produção ao lote, por encomenda.

As PME candidatas elegíveis submeteram-se a uma avaliação feita através do sistema Innovation Scoring, que integra as dimensões "Estratégia", "Organização", "Processos ID", "Potenciadores" e "Impacto". Lançado em 2005, o Prémio PME Inovação COTEC-BPI distinguiu nas últimas edições a JPM (Sistemas de automação industrial) em 2018, a Introsys (Sistemas de automação e robótica) em 2017 e ex-aequo a ERT (Têxteis técnicos) e I2S (Software para o sector segurador) em 2016.

O Júri desta edição foi constituído por Pedro Barreto (Banco BPI); Ana Teresa Lehmann (FEP - Universidade do Porto); António Bob Santos (Agência Nacional de Inovação); António Portela, (BIAL); António Rios Amorim (Grupo Amorim); Carlos Oliveira (European Innovation Council); João Bigotte (MIT Portugal); José Carlos Caldeira ( INESC TEC); Lua Queiroz Pereira (SEMAPA); Manuel Mira Godinho (ISEG - Universidade de Lisboa) e Manuela Tavares de Sousa (IMPERIAL).